Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mais de dois terços dos portugueses não faz turismo, um dos valores mais altos na UE

Mais de 7 em cada 10 portugueses não fez turismo, um dos maiores rácios registados na União Europeia. As restrições financeiras são a principal razão, mas a falta de motivação também pesa.

Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 29 de Junho de 2018 às 13:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
Há muitos turistas em território nacional, mas há poucos turistas portugueses. Em Portugal regista-se a segunda maior percentagem da população que não viajou em 2016 entre os países da União Europeia. Os portugueses só são superados pelos romenos. 

Que razões dão os portugueses? A principal razão é comum aos portugueses e à maior parte dos europeus que não fez turismo: os constrangimentos financeiros.

Contudo, no caso de Portugal, há uma razão que salta à vista. 53,1% dos portugueses que não fizeram turismo dizem que tal ocorre porque não têm motivação para viajar. Um número bem acima dos 20% registados na Europa. Mais desmotivados que os portugueses só os suecos (60,4%) e os eslovacos (57%).

Além disso, os portugueses são os europeus que mais dão os compromissos de trabalho ou estudo como a razão para não viajarem. 

Em Portugal, 74,4% da população não fez turismo, o que compara com a média europeia de 37,9% da população sem viajar. Os dados foram publicados esta sexta-feira, dia 29 de Junho, pelo Eurostat e referem-se a 2016. 

Os portugueses apenas são ultrapassados pela Roménia onde 76% dos cidadãos não fez turismo. Depois de Portugal, segue-se a Bulgária com 70,2%. Do outro lado da realidade está a Finlândia onde apenas 8,6% da população não fez turismo.

Dos 62% do total dos europeus que fez turismo, metade foi, pelo menos, numa viagem dentro do seu país com, pelo menos, uma noite fora de casa. Quase um terço (32%) fez, pelo menos, uma viagem ao estrangeiro. 

Do lado dos que não fizeram turismo, quase metade não o fez por razões financeiras. Essa razão tem um peso superior em países afectados pela crise como a Grécia, Portugal e Chipre.

Quase todos as faixas etárias dão os problemas financeiros como a principal razão para não viajar, à excepção dos cidadãos com mais de 65 anos cuja principal razão se deve à debilidade da sua saúde.
Ver comentários
Saber mais Turismo Portugal Eurostat viagens desmotivação dinheiro viajar
Outras Notícias