Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa de Lisboa despede-se de agosto com queda para mínimos de um mês

O índice PSI-20 termino a última sessão deste mês com uma desvalorização de cerca de 1%, com várias cotadas em mínimos.

Capitalização bolsista do PSI-20
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 31 de Agosto de 2020 às 16:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...
O índice PSI-20 terminou a sessão desta segunda-feira, dia 31 de agosto, com uma queda de 0,96% para os 4.301,08 pontos, o que representa um mínimo desde o passado dia 31 de julho.

Este último dia do mês de agosto trouxe uma chuva de mínimos para várias cotadas da bolsa nacional. Entre elas está o BCP, que desvalorizou 2,18% para os 9,87 cêntimos por ação e também a EDP, que perdeu 0,45% para os 4,242 euros. 

Mas os casos mais sonantes vão para a Jerónimo Martins e para a Nos. A retalhista portuguesa registou uma queda de 0,36% para os 13,755 euros por ação, o que representa um mínimo desde 18 de maio deste ano. Já a empresa de telecomunicações Nos consumou uma desvalorização de 2,48% para 3,388 euros - um mínimo desde 21 de maio.

O sentimento negativo é geral a quase todas as cotadas do índice, com a petrolífera Galp a recuar 1,84% para os 8,972 euros, num dia em que os preços do petróleo seguem em leve alta.

Em contraciclo na praça portuguesa está a Altri, com um ganho de 1,11% para os 4,184 euros, e também a REN, que sobe 0,62% para os 2,43 euros por ação.

A queda da bolsa nacional foi em linha com o verificado no resto das praças europeias. Apesar de terem começado o dia com o "pé direito", com o otimismo em torno da recuperação económica e do discurso de Jerome Powell, líder da Reserva Federal dos Estados Unidos, na semana passada, inverteram a tendência.

Este sentimento de quedas ficou evidenciado após a abertura de Wall Street, com as ações a recuarem de máximos históricos, depois de a China ter ameaçado os esforços das empresas americanas para comprar a TikTok.
Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias