Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional sobe 1,5% em contraciclo com a Europa

A contribuir para os ganhos do PSI-20 estiveram, sobretudo a Jerónimo Martins, que subiu quase 2%, e a Nos, com um avanço superior a 2%. No resto da Europa, os principais índices registam perdas em torno de 0,5%.

Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria afaria@negocios.pt 29 de Outubro de 2015 às 16:50
  • Partilhar artigo
  • 30
  • ...

A bolsa nacional encerrou em alta esta quinta-feira, 29 de Outubro, com o PSI-20 a subir 1,53% para 5.451,77 pontos, depois de ter chegado a negociar no valor mais alto em mais de duas semanas, com um avanço superior a 2%. 17 cotadas encerraram em alta e uma em queda.

O índice português contrariou o sentimento dos principais congéneres europeus, que registam perdas em torno de 0,5%, pressionadas pelas empresas do sector mineiro e pela banca. Isto depois de o Deutsche Bank ter anunciado prejuízos de 6 mil milhões de euros e de o Barclays ter revisto em baixa as suas estimativas de resultados para 2016.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, desce 0,26% para 374,85 pontos.

Na bolsa nacional, a Jerónimo Martins e a Nos foram as cotadas que mais contribuíram para os ganhos do PSI-20. A retalhista avançou 1,84% para 12,76 euros enquanto a Nos subiu 2,23% para 7,563 euros.

A impulsionar a bolsa nacional estiveram também as cotadas do sector da banca. O BCP subiu 2,51% para 5,3 cêntimos, recuperando das perdas das últimas sessões, tal como o Banif, que disparou 31,82% para 0,29 cêntimos, depois de ter atingido ontem um novo mínimo histórico de 0,19 cêntimos.

Já o BPI ganhou 5,17% para 1,139 euros, depois de ter anunciado lucros de 151 milhões de euros entre Janeiro e Setembro de 2015, o que representa uma inversão face ao prejuízo de 114,3 milhões de euros alcançados um ano antes.

A contribuir para os ganhos em Lisboa estiveram também os CTT, com uma subida de 1,07% para 10,35 euros, a Pharol, com um avanço de 5,9% para 37,7 cêntimos, e a EDP Renováveis, que somou 1,44% para 6,36 euros, depois dos resultados líquidos da empresa, divulgados esta quarta-feira, terem aumentado de 52,9 milhões de euros para 99,6 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano.

Ainda na energia, a EDP ganhou 0,6% para 3,357 euros e a Galp Energia subiu 0,08% para 9,772 euros. 

A Portucel, que anunciou esta manhã que os seus lucros cresceram 6,6% para 141,9 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, valorizou 0,99% para 3,672 euros. Ainda no sector da pasta e do papel, a Altri subiu 1,68% para 4,298 euros e a Semapa somou 1,3% para 12,835 euros. 

 

Ver comentários
Saber mais Europa Jerónimo Martins BCP Banif BPI Lisboa PSI-20 bolsa nacional
Outras Notícias