Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas europeias sobem mais de 1% após três sessões de perdas

A motivar os ganhos na Europa estão os resultados de algumas empresas, que superaram as estimativas, e a especulação crescente de que a Reserva Federal norte-americana vai adiar a subida dos juros para o próximo ano.

A carregar o vídeo ...
European Stocks Snap Losing Streak
Rita Faria afaria@negocios.pt 15 de Outubro de 2015 às 11:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

As bolsas europeias estão a negociar em alta esta quinta-feira, 15 de Outubro, depois de três sessões consecutivas de perdas. A contribuir para o optimismo dos investidores estão os resultados de algumas empresas, que superaram as estimativas, e ainda a especulação crescente de que a Reserva Federal norte-americana vai adiar a subida dos juros para o próximo ano.

 

Esta convicção está a ser suportada por uma série de indicadores decepcionantes, como as vendas a retalho nos Estados Unidos, e pela confirmação, por parte do próprio banco central, de que a economia não está a recuperar como era esperado. Esta quarta-feira foi divulgado o Livro Bege da Reserva Federal dos Estados Unidos, que revelou que a maior economia do mundo cresceu de forma modesta desde meados de Agosto.

 

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, avança 1,13% para 359,84 pontos, impulsionado sobretudo pelo sector tecnológico e automóvel.

 

A liderar os ganhos no Velho Continente está o índice holandês, com uma subida de 1,85%, seguido pelo alemão DAX, que avança 1,39%. Os ganhos mais tímidos são do espanhol IBEX, que valoriza 0,61%, e do índice grego que sobe 0,66%.

 

Esta quinta-feira, os investidores estão atentos aos resultados trimestrais das empresas, como forma de avaliarem a sustentabilidade da recuperação da economia da Zona Euro.

 

A Unilever sobe 4,64% para 39,325 euros depois de ter anunciado um crescimento das vendas no terceiro trimestre superior ao estimado. A ProSiebenSat.1 Media avança 1,65% para 45,015 euros após ter elevado as estimativas de lucros e receitas para 2018.

 

Já a Volkswagen ganha 0,33% para 106,95 euros, no dia em que foi revelado que a Autoridade Federal de Transportes Motorizados da Alemanha (KBA, na sigla germânica) vai obrigar a fabricante alemã a recolher 2,4 milhões de automóveis, equipados com o mecanismo fraudulento que a empresa alemã admitiu ter instalado em motores "diesel" para falsear os testes das emissões poluentes.

 

Por outro lado, a Syngenta perde 2,75% para 290 euros depois de ter anunciado que as vendas estagnaram no terceiro trimestre. Já a Burberry Group afunda 12,05% para 1.248 pence, depois de ter apresentado as receitas do primeiro semestre, que falharam as estimativas dos analistas, devido à quebra das vendas na Ásia.  

Ver comentários
Saber mais bolsas europeias Europa Stoxx600 mercados Estados Unidos Fed Reserva Federal resultados
Outras Notícias