Bolsa Novos recordes nas bolsas americanas em semana de contas da banca

Novos recordes nas bolsas americanas em semana de contas da banca

As bolsas do outro lado do Atlântico encerraram em alta ligeira, no dia em que o Citigroup deu o pontapé de saída no reporte das contas trimestrais.
Novos recordes nas bolsas americanas em semana de contas da banca
Carla Pedro 15 de julho de 2019 às 21:08

O Dow Jones encerrou a somar 0,10% para 27.359,16 pontos, tendo durante a sessão marcado um novo máximo histórico nos 27.364,69 pontos

 

Também o Standard & Poor’s 500 estabeleceu a meio do dia o valor mais alto de sempre, nos 3.017,80 pontos, terminando depois a sessão a ganhar 0,02% para 3.014,30 pontos.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite avançou 0,17%, para 8.258,18 pontos, após atingir um recorde na negociação intradiária, nos 8.264,78 pontos.

 

A negociação do outro lado do Atlântico oscilou entre ganhos e perdas ligeiras ao longo da sessão, mas acabou com uma nota positiva. Isto no dia em que o Citigroup abriu a época de apresentação de resultados da banca norte-americana com números acima das expectativas dos analistas.

 

O Citi, apesar dos bons números, esteve a negociar em ligeira baixa. Ainda chegou a estar no verde, mas fechou a sessão com um recuo marginal de 0,08% para 71,71 dólares.

 

Depois do Citigroup, amanhã segue-se a apresentação de contas do JPMorgan e do Goldman Sachs.

 

Ao longo da semana serão ainda conhecidos os resultados do Wells Fargo, Bank of America, Morgan Stanley, Capital One, BNY Mellon, State Street, entre outros.

 

Outros pesos pesados do setor financeiro irão também confessar-se ao mercado esta semana, como a Blackstone, Blackrock e American Express. Contas que são aguardadas com expectativa pelos investidores.

 

A perspetiva de um corte de juros por parte da Reserva Federal norte-americana, na reunião de 30 e 31 de julho, também continua a animar os investidores.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI