Bolsa Perspectiva de conversações entre China e EUA anima Wall Street

Perspectiva de conversações entre China e EUA anima Wall Street

As bolsas do outro lado do Atlântico abriram em alta, impulsionadas pela expectativa de uma nova ronda de negociações comerciais entre os Estados Unidos e a China, o que alivia os receios de uma guerra comercial entre as duas potências. O sector da tecnologia continua a estar entre os melhores desempenhos.
Perspectiva de conversações entre China e EUA anima Wall Street
Reuters
Carla Pedro 14 de setembro de 2018 às 14:38

O Dow Jones segue a somar 0,10% para 26.169,07 pontos e o Standard & Poor’s 500 avança 0,03% para 2.905,13 pontos – naquela que é a quinta sessão consecutiva no verde.

 

Também o tecnológico Nasdaq Composite segue em alta, a ganhar 0,04% para 8.016,86 pontos.

Ontem, Pequim congratulou-se com um convite de Washington para uma nova ronda se conversações. O timing não está ainda claro, tendo depois o presidente norte-americano, Donald Trump, dito que os EUA não estão sob pressão para chegar a um acordo.

 

Os investidores aplaudiram estes esforços para aliviar as fricções comerciais entre as duas partes, o que tem estado a animar as bolsas do outro lado do Atlântico.

 

O sector tecnológico, que será bastante penalizado com uma guerra comercial, tem estado a ganhar terreno com esta nova expectativa de entendimento e hoje é um dos que apresenta melhor desempenho.

Entre as cotadas do sector, destaque para a boa performance, esta sexta-feira, da Apple, Microsoft, Alphabet (casa-mãe da Google), Facebook e Amazon.




pub