Bolsa Resultados colocam Wall Street a caminho de máximos históricos

Resultados colocam Wall Street a caminho de máximos históricos

    Ao S&P500 basta subir cerca de 1% para superar os máximos históricos de finais de julho.
Resultados colocam Wall Street a caminho de máximos históricos
Reuters

As bolsas norte-americanas fecharam em alta, com os índices a serem apoiados pelos resultados favoráveis apresentados por diversas cotadas.

 

O Dow Jones subiu 0,09% para 27.025,88 pontos e o Nasdaq valorizou 0,4% para 8.156,85 pontos. Já o S&P500 valorizou 0,28% para 2.997,95 pontos. Este índice atingiu um máximo de três semanas, sendo que para fixar máximos históricos basta subir cerca de 1%. O recorde foi atingido no final de julho nos 3.027,98 pontos.

 

As bolsas norte-americanas estiveram sobretudo a reagir aos bons resultados reportados pela Netflix e pelo Morgan Stanley naquele que está a ser um forte início da época de resultados nos Estados Unidos. De acordo com dados da FactSet, citados pela CNBC, 76% das cotadas do S&P 500 que reportarem os resultados do terceiro trimestre superaram as expectativas dos analistas. 


Se na quarta-feira foram os dados económicos a penalizar a evolução dos índices, hoje os investidores estiveram concentrados na época de resultados e no Brexit. "Embora o acordo alcançado entre o Reino Unido e a UE tenha de ser aprovado pelo Parlamento britânico, as manchetes nas notícias acopladas à época de resultados nos EUA deverão impulsionar o sentimento do mercado", afirmou o economista-chefe da Spartan Capital Securities, Peter Cardillo, citado pela Reuters. 

Uma das cotadas em destaque pela positiva é a Netflix cujas ações fecharam a subir 2,47% para 293,35 dólares, após a empresa ter revelado ontem (depois do fecho da sessão) que entre julho e setembro conquistou 6,77 milhões novos clientes em todo o mundo, acima das expectativas dos analistas. No after hours de quinta-feira os títulos chegaram a subir mais de 10%.


Já as ações do banco Morgan Stanley valorizaram 1,52%, após a empresa ter superado as estimativas dos analistas para o lucro no terceiro trimestre. No total, o banco norte-americano lucrou 2,17 mil milhões de dólares e registou receitas de 10 mil milhões de dólares. 


Para além do Morgan Stanley, também o Bank of America, o JP Morgan e o Citigroup apresentaram números superiores ao previsto. Por outro lado, o Goldman Sachs e o Well Fargo desapontaram.

 

Mas nem todas as cotadas que apresentaram resultados deram boas notícias aos investidores. As ações da IBM afundaram 5,52% depois da tecnológica ter avançado com previsões de receitas que ficaram abaixo do esperado.




Marketing Automation certified by E-GOI