Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Saída de “shorts” conduz CTT a máximos de abril

As posições curtas baixaram para 3,44%, enquanto no final de agosto estavam próximas de 6%. Para os analistas, os resultados trimestrais serão determinantes para confirmar o otimismo em torno das ações.

O Banco CTT surge também entre os três mais reclamados nas contas de depósito à ordem. Segundo o Banco de Portugal, o banco tem 0,26 reclamações em cada 1.000 contas.
Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 24 de Outubro de 2019 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Os CTT têm sido uma das empresas mais penalizadas na bolsa portuguesa. A constituição de participações negativas na empresa tem sido um dos principais fatores de pressão. Por isso, quando estes fundos reduzem as posições curtas, como aconteceu nos últimos dias, isto também se reflete nas ações. Em apenas duas sessões, os títulos subiram mais de 8%, para máximos de abril. Desde meados de agosto,...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais CTT bolsa recuperação shorts Marshall Wace GLG Partners CMVM resultados analistas
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias