Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sonae Capital dispara mais de 8% após nota de "research" positiva

As ações da Sonae Capital dispararam de forma repentina, após os analistas do Caixabank/BPI terem aumento o preço-alvo da empresa, conferindo-lhe um potencial de subida máximo de 193%.

Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 20 de Fevereiro de 2020 às 16:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
As ações da Sonae Capital, subsidiária da Sonae, dispararam um máximo de 8,25% para os 80 cêntimos por ação de forma repentina, na sessão desta quinta-feira, dia 20 de fevereiro, depois dos analistas do Caixabank/BPI terem revisto o preço-alvo da cotada em alta.

Na sessão de hoje foram negociadas 768.416 ações, um número bastante superior à liquidez média diária dos últimos seis meses fixada nos 131.688 ações. No fecho da sessão as acções marcavam uma subida de 6,77% para 78,9 cêntimos.

Hoje, os analistas do banco de investimento definiram um preço-alvo de entre 1,05 euros por ação e 2,17 euros para a Sonae Capital, sem estipular nenhum nível de recomendação. 

No cenário mais pessimista, a empresa liderada por Miguel Gil Mata fica com um potencial de valorização de 42%, face ao fecho da última sessão fixado nos 0,739 euros por ação. Mas na melhor das hipóteses o valor da ação da cotada pode subir 193%, de acordo com os analistas. 

Na nota de "research" divulgada, os analistas sublinham o "crescimento atrativo nas suas unidades de negócio", como no segmento de "fitness", onde os ginásios vão enfrentar uma forte expansão (75 até 2023 contra os 35 atuais), segundo os analistas. Atualmente o portefólio da unidade de Fitness da Sonae Capital é atualmente constituído pelas marcas Pump, Solinca, ONE e Urban Fit. 

A Sonae Capital vai apresentar resultados amanhã, dia 21 de fevereiro. O consenso do Negócios, que reúne as projeções de todos os analistas que cobrem a empresa e são publicadas na Bloomberg, aponta para um prejuízo de 3 milhões de euros, mas um aumento de 28,1% no EBITDA para os 36 milhões de euros. 
Ver comentários
Saber mais Sonae Capital research Caixabank/BPI economia negócios e finanças mercado e câmbios macroeconomia mercado financeiro bolsa
Mais lidas
Outras Notícias