Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street fecha com leves quedas de olhos postos em Powell

As bolsas de Nova Iorque encerraram com quedas ligeiras em vésperas de ser conhecida a decisão da Reserva Federal (Fed) sobre as taxas de juro. O consenso é de um aumento de 75 pontos base, mas as atenções vão centrar-se nas declarações do presidente da Fed, Jerome Powell.

A escalada do conflito armado na Ucrânia e a inflação fora de controlo arrastaram os mercados e a confiança dos empresários.
Carlo Allegri/Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 01 de Novembro de 2022 às 20:33
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Em véspera de ser anunciada a decisão da Reserva Federal (Fed) sobre as taxas de juro e, sobretudo, serem conhecidas as declarações do presidente da instituição, Jerome Powell, as bolsas dos EUA fecharam no vermelho.

O industrial Dow Jones cedeu 0,24%, para os 32.653,20 pontos, enquanto o índice alargado S&P 500 recuou 0,41%, fechando nos 3.856,10 pontos. Já o tecnológico Nasdaq Composite perdeu 0,89%, para os 10.890,85 pontos.

Se o consenso do mercado é de que a Fed aumente as taxas diretoras em 75 pontos base, as palavras de Powell podem ter maior impacto. Os investidores vão tentar descobrir pistas sobre o rumo futuro da política monetária, nomeadamente se o ritmo de aperto irá abrandar.

As "big tech" pesaram, principalmente no Nasdaq, com a Apple a cair 1,75% e a Amazon a tombar 5,52%, para mínimos desde abril de 2020. A Alphabet perdeu 4,27%, enquanto a Microsoft cedeu 1,71%, ao passo que a Meta avançou 2,19%.

A Johnson & Johnson cedeu 0,51% após ter anunciado a compra da Abiomed, que, por seu turno, disparou 49,88%.
Ver comentários
Outras Notícias