Câmbios A criptomoeda mais usada não é a bitcoin. Chama-se tether

A criptomoeda mais usada não é a bitcoin. Chama-se tether

A criptomoeda mais conhecida do público, a bitcoin, não é a mais trocada entre os investidores.
A criptomoeda mais usada não é a bitcoin. Chama-se tether
Reuters
Negócios 01 de outubro de 2019 às 12:40

A tether, uma criptomoeda menos "famosa" do que a bitcoin, é a divisa digital mais utilizada atualmente.

 

Os dados são do CoinMarketCap.com. Segundo os mesmos, a tether é a moeda mais negociada online, tanto a nível diário como mensal, apesar de a bitcoin concentrar 70% do valor de mercado no setor das criptomoedas.

 

O valor de mercado da tether é mais de 30 vezes inferior ao da bitcoin mas o volume excedeu o da criptomoeda mais icónica pela primeira vez em abril, um registo que tem mantido desde então. Mensalmente, o volume de negociação da tether ultrapassa em 18% o da bitcoin.

 

"Se a tether não existir, perdemos uma quantia massiva de volume diário – cerca de mil milhões de dólares ou mais, dependendo da fonte dos dados", comenta um dos responsáveis da Consensys, uma empresa que trabalha com tecnologia blockchain – a mesma que está subjacente à negociação de moedas eletrónicas.

 

A tether insere-se numa categoria de moedas virtuais que quer evitar a flutuação de preços e que portanto se encontra indexada a reservas ou outras divisas.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI