Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Crash": Genesis pede proteção contra credores com dívida de mais de 3,4 mil milhões de dólares

A empresa deve 3,4 mil milhões de dólares aos seus 50 maiores credores. A 10.ª maior plataforma cripto do mundo é o maior credor da Genesis.

Após valorizar com a notícia da aquisição da FTX pela Binance, o mercado cripto regressou à fasquia de 1 bilião de dólares. Mas não durou e tombou de novo para 800 mil milhões.
Dado Ruvic/Reuters
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 20 de Janeiro de 2023 às 16:16
Já deu entrada na Justiça norte-americana o pedido de proteção contra credores, ao abrigo do capítulo 11 da lei de falências dos EUA, da Genesis Global Capital (ou apenas Genesis, como é habitualmente conhecida), uma plataforma de empréstimos cripto.

A empresa deve 3,4 mil milhões de dólares (3,14 mil milhões de euros) aos 50 maiores credores, segundo as contas da Reuters tendo por base os documentos judiciais.

No pedido enviado ao tribunal de falências de Nova Iorque, a plataforma afirma que tem mais de 100 mil credores.

O maior credor é a Gemini - a 10.ª maior plataforma cripto do mundo, segundo os dados da Coin Market Cap -, a quem a Genesis deve 765,9 milhões de dólares.

A Gemini, fundada pelos gémeos Cameron e Tyler Winklevoss, tinha em conjunto com a Genesis o programa "Earn" destinado a empréstimos cripto.

A 10 de janeiro, numa carta aberta, a Gemini afirmou que a Genesis devia 900 milhões de dólares a 340 mil investidores do programa "Earn".

A Genesis congelou os levantamentos em novembro, após o colapso da FTX, que arruinou a estabilidade financeira da plataforma já fortemente pressionada pelo tombo do "hedge fund" cripto Three Arrows Capital, onde a Genesis detinha um grande leque de ativos.
Ver comentários
Saber mais Genesis Global Capital Justiça Gemini EUA artes cultura e entretenimento Internet cripto.crypto
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio