Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo da Binance de dois mil milhões pode não chegar para acalmar receios

O CEO da plataforma deu mais detalhes sobre o fundo de recuperação numa entrevista à Bloomberg. Os "players" querem agora saber quanto capital "não Binance" vai entrar neste fundo, já que vai determinar "o apoio da indústria para a estabilidade".

Pedro Catarino
Fábio Carvalho da Silva fabiosilva@negocios.pt 25 de Novembro de 2022 às 11:51
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O fundo de recuperação do CEO da Binance, Changpeng Zhao (também conhecido como "CZ"), com até dois mil milhões de dólares para ajudar "players" do mercado cripto, não conseguiu dissipar os receios dos investidores em relação ao colapso da FTX contagiar várias outras empresas do setor.

 

O objetivo deste fundo - que irá ser constituído por coinvestidores - é ajudar projetos promissores com problemas de liquidez, segundo os detalhes avançados por CZ em entrevista à Bloomberg TV. "Estamos a adotar um abordagem flexível em que os participantes da indústria [cripto] podem contribuir como quiserem".

 

Numa publicação no blog da Binance, já depois desta entrevista, o criptomilionário indicou que este fundo pode contar com um montante de até dois mil milhões de dólares. Jump Crypto, Polygon, Aptos Labs, Animoca Brands, GSR, Kronos e Brooker Group já se comprometeram a contribuir com um investimento conjunto de 50 milhões de dólares.

 

Para alguns "players" do mercado esta boa notícia pode, no entanto, não ser suficiente para erradicar os receios em relação a uma possível crise de contágio.

"Há muita incerteza no mercado para que o fundo se torne um catalisador que muda tudo", considerou Hayden Hughes, CEO da plataforma Alpha Impact, em declarações à Bloomberg. "Ainda não sabemos quanto foi a extensão do contágio, mas acho que já batemos no fundo ou perto, pelo que não espero que o mercado caia muito mais a partir daqui", acrescentou.

 

Já David Adams, gestor no King River Digital Assets Fund, explicou que o mercado está agora de olhos postos na carteira pública que irá receber o dinheiro para constituir o fundo, de forma a entender qual a quantidade das contribuições de outros investidores além da Binance, já que tal pode determinar "o apoio da indústria para a estabilidade [do mercado]".

 

A 6 de novembro CZ indicou no Twitter que a Binance, primeiro investidor da FTX, se iria desfazer de todas as FTT, os tokens da plataformac de Sam Bankman-Fried, dando o pontapé de saída para o "crash" na empresa. O Parlamento do Reino Unido pediu explicações à Binance sobre este tweet.

 

Acordo para investimento da Voyager Digital volta a estar em cima da mesa

Durante a entrevista, o CEO da Binance confirmou ainda que está a planear uma nova oferta da aquisição da Voyager Digital, uma plataforma de empréstimos cripto que tombou com o colapso do ecossistema Terra em maio deste ano. A "exchange" tinha um acordo assinado com a FTX, mas este acabou por cair depois da plataforma ter pedido proteção contra credores nos EUA.

Ver comentários
Saber mais Binance Bloomberg TV Voyager Digital Changpeng Zhao CZ FTX economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa
Outras Notícias