Mercados 5 coisas que precisa de saber para começar o dia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta quarta-feira serão divulgadas as actas relativas à reunião do final de Janeiro da Fed, a última presidida por Janet Yellen. Em destaque estará também a política monetária e a inflação no Reino Unido, temas que serão abordados pelo governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, no Parlamento britânico.
5 coisas que precisa de saber para começar o dia
Actas da última reunião de Yellen na Fed

Esta quarta-feira serão reveladas as actas da reunião da Reserva Federal (Fed) dos dias 30 e 31 de Janeiro, a última presidida por Janet Yellen e em que os juros foram mantidos num intervalo compreendido entre 1,25% e 1,5%.

Recorde-se que a 3 de Fevereiro Jerome Powell passou a ser o novo presidente da Fed por um mandato de quatro anos.


 

Carney fala sobre política monetária e inflação

O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, vai ser ouvido no Parlamento britânico sobre decisões de política monetária e inflação. Carney falará perante o Comité do Tesouro e apresentará também estimativas a nível económico para o Reino Unido.

O vice-governador, Ben Broadbent, e o economista-chefe, Andy Haldane, também marcarão presença.


 

Produção industrial na Zona Euro em foco

Hoje serão conhecidos os dados do emprego no Reino Unido e da produção industrial na Zona Euro.

A nível empresarial, serão conhecidos os resultados de empresas como a Glencore, Lloyds, Iberdrola e Orange.


 

Galp prevê atingir "centenas de megawatts" nas renováveis

No dia em que reportou os seus resultados de 2017, com um aumento de 25% dos seus lucros, a Galp disse que vai reforçar a sua aposta nas energias renováveis, com destaque para a energia solar em Portugal. A companhia também anunciou que vai passar a ter um total de nove plataformas a produzir petróleo no Brasil. Em Angola, as duas novas plataformas arrancam este ano. A petrolífera prevê estar a produzir um total de 150 mil barris diários em 2020.

A actualização do plano estratégico da Galp Energia gerou sentimentos mistos junto dos investidores, com as acções a chegarem a sofrer a queda mais acentuada em nove meses a meio da sessão, ao perderem 4,01%. Entretanto os ânimos acalmaram e a petrolífera chegou a estar em terreno positivo, tendo depois terminado a deslizar 0,14% para 14,675 euros. 


 

Dólar com o maior ciclo de ganhos de dois meses

A moeda americana esteve ontem a recuperar terreno, depois de na semana passada ter tocado em mínimos de mais de três anos penalizada pelos receios em torno do défice comercial e orçamental dos Estados Unidos, e pela especulação de que Washington poderá seguir uma estratégia de enfraquecimento da divisa. 


Esta foi a sexta sessão consecutiva de ganhos do dólar contra as principais congéneres mundiais. Assim, o euro, depois das fortes subidas registadas na semana passada face à nota verde – que o levaram para máximos de Dezembro de 2014, acima de 1,25 dólares – recuava 0,48% ontem ao final do dia, para 1,2348 dólares.