Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A sua semana dia a dia: Bancos centrais na semana de eleições no Reino Unido

A semana é de tomada de decisões e projeções económicas por parte do BCE e da Fed. É também tempo de decisões na Europa, com as eleições no Reino Unido e o Conselho Europeu.

Alexandra Machado amachado@negocios.pt 08 de Dezembro de 2019 às 19:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Segunda-feira Um francês, um russo, um ucraniano e uma alemã...
O Presidente francês, Emmanuel Macron, é o anfitrião da reunião em Paris entre o Presidente russo, Vladimir Putin, o ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, e a chanceler alemã, Angela Merkel. O tema em cima da mesa é a situação da Crimeia.

Segunda-feira Termina sessão legislativa no Japão

Termina, no Japão, a sessão legislativa parlamentar. O primeiro-ministro, Shinzo Abe, deverá, nessa sessão, garantir a aprovação para uma das suas principais medidas: um acordo comercial com os Estados Unidos da América.

Terça-feira Peronismo volta à Casa Rosada

Toma posse o novo Presidente da Argentina, o peronista Alberto Fernández, que venceu as eleições de outubro, batendo Mauricio Macri, que pretendia a reeleição. Alberto Fernández entra na Casa Rosada com um modelo de economia de maior intervenção estatal. A ex-presidente Cristina Kirchner, que esteve no cargo entre 2007 e 2015, regressa como vice-presidente.

Quarta-feira Saudi Aramco debutante

Depois de garantir a colocação de 1,5% do capital da Saudi Aramco, naquele que se tornou o maior IPO (oferta pública inicial) de sempre - garantindo ao Reino saudita um encaixe de 25,6 mil milhões de dólares -, a petrolífera debuta na bolsa de Riade. As ações começam a ser negociadas já depois de a OPEP ter acordado um corte de produção e à boleia de incentivos dados pelo Reino Saudita aos investidores que têm também a promessa de dividendos chorudos. Cada ação da Saudi Aramco foi vendida a 32 riais sauditas (8,53 dólares), o que a avalia em 1,7 biliões de dólares.

Quarta-feira Reunião da Fed deve manter taxas

Depois de se ter acreditado que a Reserva Federal norte-americana (Fed) poderia voltar a descer taxas, o mercado acredita agora na sua manutenção. Em outubro a Fed baixou as taxas pela terceira vez em 2019, colocando-as num intervalo entre 1,5% e 1,75%. A reunião de 10 e 11 de dezembro vem acompanhada de projeções económicas. Também neste dia, o Brasil define as taxas diretoras.

Quinta-feira Política monetária Lagarde mostra-se ao mundo

É a primeira reunião do BCE sobre política monetária sob liderança de Christine Lagarde. Não são esperadas alterações, mas todos os olhos vão estar centrados na conferência de imprensa que dará depois da reunião. O BCE vai também divulgar novas projeções económicas.

Quinta-feira Reino Unido: Eleições de olho no Brexit

Boris Johnson, de um lado, Jeremy Corbyn, do outro. Um deles sairá vencedor das eleições do Reino Unido. Johnson já surgiu em algumas sondagens com maioria. Mas os últimos barómetros dão um estreitar da diferença entre conservadores e trabalhistas.

Sexta-feira Orçamento europeu discutido

Os líderes da União Europeia reúnem-se em Bruxelas no último Conselho Europeu do ano, para discutir as alterações climáticas e o orçamento europeu. A reunião termina a 13, dia em que se realiza também a Cimeira do Euro sobre a União Económica e Monetária.

Saber mais A sua semana BCE Fed bancos centrais
Mais lidas
Outras Notícias