Mercados Maior fundo soberano do mundo retira Walmart e Rio Tinto da "lista negra" de investimentos

Maior fundo soberano do mundo retira Walmart e Rio Tinto da "lista negra" de investimentos

Uma série de cotadas voltam a estar no radar do maior fundo soberano do mundo, entre as quais a Rio Tinto e a Walmart, que estavam até agora excluídas da lista de possíveis investimentos.
Maior fundo soberano do mundo retira Walmart e Rio Tinto da "lista negra" de investimentos
Bloomberg
Negócios 25 de junho de 2019 às 16:22
O Norges Bank, que gere o maior fundo soberano do mundo - o da Noruega -, retirou algumas empresas da lista de "investimentos proibidos": entre elas deixaram de estar, por exemplo, a Walmart e a Rio Tinto.

No caso dos títulos da Walmart, foram excluídos das opções de investimento do fundo em 2006, depois de os conselheiros legais do fundo apontarem falhas da empresa em termos de direitos humanos. Agora, na comunicação feita à imprensa e citada pela CNBC, o fundo alega que "as razões para a exclusão já não estão presentes".

Já a Rio Tinto ficou "de fora" na sequência de danos ambientais provocados por uma mina na Indonésia. O Norges Bank alterou a posição perante os planos da Rio Tinto para vender a dita mina.

Para além da Walmart e da Rio Tinto, o bloqueio também foi levantado no caso das empresas, Nutrien, General Dynamics e Grupo Carso. Todas seguem a somar em bolsa com exceção desta última.

Em relação aos futuros investimentos do fundo nestas cotadas, a data ainda não está definida.

O fundo alega possuir uma participação média de 1,4% em todas as empresas listadas a nível mundial. Este fundo atingiu o valor de 1 bilião de dólares em 2017 e pretende preservar a riqueza que a Noruega obteve com o petróleo originado no seu território.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI