Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal perde (quase) todos os unicórnios para os EUA

O país exulta de cada vez que ganha mais uma estrela na caderneta de empresas avaliadas em mais de mil milhões de dólares, mas, com a exceção da Feedzai, as outras seis foram sediar-se lá fora – a Farfetch no Reino Unido e as restantes no outro lado do Atlântico, tal como acontece com a maioria dos unicórnios nascidos na Europa.

Nuno Sebastião, cofundador e CEO da Feedzai, o único dos sete unicórnios com ADN português que tem sede no nosso país.
Nuno Sebastião, cofundador e CEO da Feedzai, o único dos sete unicórnios com ADN português que tem sede no nosso país. Sara Matos
Rui Neves ruineves@negocios.pt 27 de Dezembro de 2021 às 07:00
  • Partilhar artigo
  • 14
  • ...

Com a Anchorage, que ganhou o estatuto de unicórnio há pouco mais de uma semana, são já sete as startups com ADN português a atingirem um valor de mercado superior a mil milhões de dólares (885 milhões de euros). Mas com a exceção da Feedzai, todos as outras (Farfetch, Talkdesk, Outsystems, Remote, Sword Health, além da Anchorage) estão sediadas fora do país de origem – a Farfetch no Reino Unido e as

...

Ver comentários
Saber mais Portugal Estados Unidos Farfetch EUA Anchorage Talkdesk ADN Outsystems Feedzai Remote Sword Health Europa
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio