Fundos de investimento Os investimentos do maior fundo do mundo em 21 cotadas portuguesas

Os investimentos do maior fundo do mundo em 21 cotadas portuguesas

2018 foi um ano de perdas para o maior fundo soberano do mundo. E os investimentos em Portugal não conheceram um desfecho mais positivo. O Norges Bank registou uma redução de 17% nos investimentos em empresas nacionais. A queda das cotadas foi determinante para este desempenho, mas a evolução cambial também contribuiu para este resultado.
Os investimentos do maior fundo do mundo em 21 cotadas portuguesas
Este mapa ilustra onde estão os maiores investimentos do fundo soberano da Noruega
Sara Antunes 02 de março de 2019 às 10:00
O Norges Bank terminou 2018 com quase 1,5 mil milhões de dólares investidos em ativos portugueses, um valor que corresponde a uma queda de 17,3% face a 2017, um ano recorde para os investimentos do maior fundo soberano do mundo em Portugal.

Analisando só os investimentos em bolsa, o valor do investimento do maior fundo do mundo caiu para pouco mais de 970 milhões de euros. Não fosse 2017 ter sido um ano de recordes no investimento deste fundo em Portugal e 2018 até teria sido o melhor ano de sempre, sendo que os dados disponibilizados pelo Norges Bank recuam até 1998. 

Do total dos investimentos em ações, quase metade está alocado a duas empresas: EDP e Galp. Veja como evoluiu o investimento do Norges Bank na bolsa nacional entre 2017 e 2018. 



Analisando as 21 cotadas portuguesas onde o fundo detém participações, verifica-se que a EDP continua a ser responsável pelo maior valor, mas também foi a responsável pela maior quebra no investimento. A aposta na Mota-Engil e na Sonae Indústria aumentou, com o fundo a reforçar a participação no capital destas empresas. O maior corte foi feito na Pharol.

Veja em cima os investimentos do Norges Bank em 21 cotadas portuguesas ou aqui se está a ler esta notícia na app.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI