Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Escolha o seguro mais barato para o seu automóvel

A escolha de um seguro automóvel nem sempre é um processo fácil. Mas não complique. Aproveite a multiplicidade das ofertas, procure, compare e consiga o melhor para o seu carro e, por que não, para a sua “carteira”. Veja quanto pode poupar, com a opção ma

Paulo Moutinho 10 de Março de 2008 às 08:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Escolher um seguro para o seu automóvel pode ser uma tarefa complicada. O mercado tem sido inundado de novas companhias que lutam pelo melhor preço, para conquistar o maior número de clientes. Um sinal da forte concorrência que existe neste sector e que pode aproveitar. Só tem de simular e comparar. O Jornal de Negócios dá-lhe uma ajuda. Veja quanto pode poupar com a opção mais barata do mercado.

Logo, N Auto e Seguros Continente são algumas das mais recentes propostas no segmento dos seguros automóvel, um mercado que conta já com um vasto leque de ofertas e em que o preço (mais baixo) tende a ser um factor decisivo para os consumidores.

O Jornal de Negócios procurou o preço mais baixo do mercado, tanto para as os seguros de responsabilidade civil, obrigatórios, como para os de danos próprios. Foram consultadas sete companhias (ver caixa) que disponibilizam “online” os seus simuladores. Para as simulações foi escolhido o Renault Megane Break 1.5 dci, o automóvel mais vendido em Portugal, e utilizado um cliente modelo (ver metodologia).

Os resultados revelaram que, com a escolha acertada, pode poupar até 439 euros no prémio do seu seguro contra terceiros, para o mesmo carro, o mesmo condutor, e com coberturas idênticas. Nas apólices “contra todos”, a diferença pode superar os mil euros. Vale a pena comparar.

NAuto é a mais barata...

A NAuto, uma companhia do BPN, é a seguradora que apresenta a proposta mais aliciante entre as analisadas, conseguindo oferecer um prémio de seguro de responsabilidade civil, inferior em 40% à média das propostas das restantes seguradoras.
Nesta nova seguradora, o prémio anual do seguro da Renault Megane Break é de 123,10 euros, praticamente metade da segunda melhor proposta, a da Lusitânia, sendo que a seguradora do Grupo Montepio apresenta uma solução inovadora, ao “restituir” ao tomador do seguro parte do prémio, consoante a utilização do veículo.

No extremo oposto, ou seja, a apólice mais cara, neste comparativo, surge a Tranquilidade. Nesta companhia, o mesmo seguro contra terceiros tem um prémio anual de 562,10 euros. São mais 439 euros do que na N Auto, praticamente quatro vezes mais.

... até nos danos próprios

Nos seguros de danos próprios, vulgo “contra todos”, os prémios são, naturalmente, mais elevados. Muitos proprietários optam por esta modalidade, principalmente se a viatura é nova, ou quando se trata de um veículo com um valor elevado, mesmo que tenha já alguma idade.

Proteger-se contra eventuais estragos ao seu automóvel é mais caro, mas, por vezes, compensa. A estrada é perigosa e nunca é demais precaver-se de eventuais infortúnios.

Nesta modalidade, a NAuto volta a destacar-se, com um prémio que não supera a fasquia dos 500 euros por ano. As restantes seguradoras propõem anuidades entre os 666 euros da Ok!Teleseguro e os 779 euros da Lusitânia, sendo a mais cara a Tranquilidade. A seguradora do Grupo Espírito Santo (GES) apresenta uma prestação anual de 1.502 euros, três vezes mais elevada do que a da NAuto e mais do dobro da da Logo. Esta seguradora, que também pertencente ao GES, iniciou funções em meados de Janeiro. O mesmo seguro custa 749,93 euros.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias