Matérias-Primas Newmont rejeita OPA da Barrick mas propõe parceria no Nevada

Newmont rejeita OPA da Barrick mas propõe parceria no Nevada

O "board" da Newmont Mining rejeitou a oferta de compra lançada pela Barrick Gold, mas propôs a junção das operações no Estado do Nevada.
Newmont rejeita OPA da Barrick mas propõe parceria no Nevada
Dario Pignatelli/Bloomberg
Negócios 04 de março de 2019 às 18:20

O conselho de administração da mineira norte-americana Newmont Mining rejeitou esta segunda-feira, 4 de março, a oferta pública de aquisição (OPA) hostil lançada na semana passada pela canadiana Barrick Gold, avança a imprensa internacional.

 

A justificar esta recusa está o facto de considerar que não era a melhor opção para os seus acionistas, refere o Cinco Días.

 

No entanto, o "board" da Newmont propôs à Barrick que ambas juntem as suas operações no Estado norte-americano do Nevada.

 

"Depois de uma ampla avaliação feita em conjunto com os seus consultores financeiros e jurídicos, a administração da Newmont concluiu de forma unânime que a proposta da Barrick não constitui, e não espera que venha a constituir, uma melhor oferta", detalhou a empresa em comunicado.

 

A oferta da Barrick Gold ascendia a perto de 18 mil milhões de dólares, o que representava um desconto face ao valor da empresa.

 

Assim, a Newmont decidiu prosseguir com a compra da Goldcorp, depois de em janeiro ter chegado a um "acordo definitivo" para adquirir a totalidade das ações da empresa através de uma troca de títulos que a avalia em 10.000 milhoes de dólares (8.720 milhões de euros).

 

Esta fusão tem lugar apenas três meses depois da Barrick Gold ter comprado outra destas operadoras do setor, a Randgold Resources, numa transação de 5,4 mil milhões.

 

O par Newmont-Goldcorp irá exceder a escala do conjunto Barrick-Randgold, ao produzir 7,9 milhões de onças de ouro por ano.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI