A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia
Ao minuto05.10.2021

Petróleo renova máximos de 2014. Banca e tecnológicas animam ações europeias

Acompanhe aqui o dia nos mercados.

  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...
05.10.2021

Stoxx 600 tem melhor dia em dois meses

As ações europeias tiveram o maior ganho em dois meses graças ao impulso da banca e da tecnologia. Estes foram os dois setores que lideraram a retoma das ações, com os investidores a aproveitarem os saldos para reforçar posições.
No índice que agrega as 600 maiores empresas da Europa, a banca foi o top performer, tendo ganho 3,5%, na maior valorização desde março desde ano, que levou os títulos a máximos desde fevereiro de 2020, ou seja, pré-pandemia.

A banca tem estado a beneficiar nos últimos dias das subidas nas yields nas dívidas soberanas. O espanhol BBVA, por exemplo, valorizou 6,5% e o português BCP somou 3,2%.

A tecnologia europeia também esteve em forte alta, com uma subida de 2,2%, a replicar a tendência do setor em Wall Street. A alemã Infineon Technologies liderou a recuperação (+4,84%) após ter anunciado esperar, já no próximo ano, uma expansão das receitas com chips.

O Stoxx 600 subiu 1,19%, quebrando assim um ciclo de três dias no vermelho. Já o alemão DAX avançou 1%, o francês CAC 40 somou 1,52%, o espanhol IBEX 35 ganhou 1,45% e o italiano FTSE MIB disparou 1,85%. Em Lisboa, o PSI-20 teve um desempenho mais modesto, tendo fechado a ganhar 0,4%.

05.10.2021

Yields da dívida europeia avançam ligeiramente

Os juros da dívida soberana dos países da Zona Euro agravaram-se ligeiramente esta terça-feira depois de algum alívio recente.

As bunds alemãs, referência para o mercado europeu, viram as yields subir 3 pontos base, para os -0,187%.

Nos países do sul, a yield da dívida portuguesa a 10 anos avançou 2,5 pontos base, para 0,355%, enquanto na vizinha Espanha, para a mesma maturidade, os juros subiam 2,2 pontos, até aos 0,456%.

A dívida italiana registou um agravamento de 2,7 pontos base na yield, para os 0,855%.

05.10.2021

Valorização do dólar castiga metais preciosos

A divisa norte-americana segue a ganhar perante algumas das principais moedas internacionais, nomeadamente o euro, o que está a penalizar as cotações dos metais preciosos, que são expressas em dólares.

O euro recuava 0,14% perante a nota verde, trocando-se por 1,1605 dólares.

O dólar ganhava ainda 0,50% face ao iene e 0,22% em relação ao franco suíço.

Assim, os contratos à vista (spot) do ouro cediam 0,84%, para 1.754,66 dólares por onça, enquanto a prata perdia 0,64%, para 22,5 dólares por onça. As quedas alastravam-se à platina, que caía 0,58%, cotando nos 963,64 dólares por onça.

05.10.2021

Petróleo mantém-se em máximos de sete anos à boleia da OPEP+

Os preços do petróleo seguem a ganhar depois de ontem a OPEP+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados) ter optado por manter o plano cauteloso de abertura gradual das torneiras apesar da escassez em algumas regiões.

O Brent, negociado em Londres e que serve de referência para Portugal, está a ganhar 1,98% para os 82,87 dólares por barril, enquanto que o norte-americano WTI (West Texas Intermediate) sobe 1,95% para os 79,13 dólares. 

Os ministros do cartel e seus aliados, onde se inclui a Rússia, decidiram então manter o plano delineado em julho de aumentar a oferta em 400.000 barris por dia, todos os meses, até ao final do ano. Isto numa altura em que a procura está a superar grandemente a oferta. 

05.10.2021

Wall Street em alta com tecnologia a recuperar fôlego

Os três maiores índices dos EUA abriram a sessão desta terça-feira com um tom positivo, com apoio de todo o setor tecnológico que recupera das quedas registadas ontem. 

Por esta altura, o Dow Jones está a ganhar 0,26% para os 34.087,47 pontos e o S&P 500 avança 0,30% para os 4.312,17 pontos. O tecnológico Nasdaq Composite está a subir 0,41% para os 14.313.98 pontos.

As gigantes do setor, como a Apple ou a Amazon, estão a subir em torno de 0,5% nestes primeiros minutos de negociação.

O Facebook está a subir 1%, depois de ontem ter afundado quase 5% em linha com o apagão que as três redes sociais detidas pela empresa (Facebook, WhatsApp e Instagram) terem sofrido um apagão.

Os investidores estão já de olho na divulgação dos dados do emprego referentes ao mês de setembro, que irá acontecer na sexta-feira.  

05.10.2021

Petróleo renova máximos de 2014 ainda com ressaca de OPEP+

A procura por petróleo deverá continuar a aumentar mais depressa do que a oferta.

Os preços do petróleo estão a ganhar ligeiramente depois de ontem a OPEP+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados) ter decidido manter o plano de abertura gradual das torneiras numa altura em que existe escassez em algumas regiões.

O Brent, negociado em Londres e que serve de referência para Portugal, está a ganhar 0,59% para os 81,73 dólares por barril, enquanto que o norte-americano WTI (West Texas Intermediate) sobe 0,39% para os 77,92 dólares. 

Os ministros do cartel e seus aliados, onde se inclui a Rússia, decidiram então manter o plano delineado em julho de aumentar a oferta em 400.000 barris por dia, todos os meses, até ao final do ano. Isto numa altura em que a procura está a superar grandemente a oferta. 

05.10.2021

Juros da Zona Euro caem à espera de Lagarde

Quatro banqueiros centrais foram esta quarta-feira ao Fórum BCE debater os riscos que veem no horizonte.

Os juros da dívida soberana da Zona Euro estão a negociar em queda na manhã desta terça-feira, enquanto os investidores aguardam por um novo discurso da presidente do Banco Central Europeu, no dia de hoje, numa tentativa de apurarem novos sinais sobre a retirada de apoios.

Christine Lagarde vai falar na assembleia geral anual da Wirtschaftsinitiative FrankfurtRheinMain, por ocasião do seu 25.º aniversário. Trata-se de uma instituição alemã criada pelas maiores empresas de Frankfurt/Reno-Meno que visa fomentar a atratividade e competitividade daquela região.

Os juros da Alemanha caem 1,2 pontos base para os -0,228%, enquanto que a "yield" a dez anos de Portugal e Espanha perdem 2 pontos base. Em Itália, a taxa cai 2,6 pontos base para os 0,803%.

05.10.2021

Europa sobe à boleia da tecnologia e do turismo

As ações europeias estão a subir na manhã desta terça-feira, depois de terem registado um ciclo de três dias seguidos em queda, com apoio do setor tecnológico, mas também do turismo que beneficia com o avanço dos planos de vacinação em toda a região. 

Por esta altura, o Stoxx 600 - índice que agrupa as 600 maiores empresas do "velho continente" - ganha 0,30% para os 452,14 pontos. Empresas como a tecnológica Infineon Technologies ou a produtora de cerveja Anheuser-Busch InBev são algumas das melhores prestações da manhã.

Contudo, os ganhos estão a ser novamente contidos pelos novos receios vindos do mercado imobiliário da China. Depois de o Evergrande, agora foi a vez de a rival Fantasia Holdings Group não ter sido capaz de cumprir com o pagamento de 206 milhões de dólares, de um cupão que expirava ontem, 4 de outubro, aos seus credores.

A falha da Fantasia evidencia os sinais de "stress" do setor imobiliário da China, depois de o Evergrande ter falhado dois pagamentos consecutivos aos seus credores, num total 83,5 milhões de dólares e tem uma dívida de 305 mil milhões de dólares.

05.10.2021

Futuros da Europa na "linha de água" mas de olho no Evergrande

Os futuros das ações europeias estão a negociar de forma estável na manhã desta terça-feira, depois de um novo "selloff" sentido nos mercados asiáticos, à boleia do "caso Evergrande" e do risco de contágio para o restante setor do imobiliário chinês.

Por duas vezes, o gigante do setor não conseguiu pagar aos seus credores um total de 83,5 milhões de dólares e tem neste momento uma dívida de mais de 300 mil milhões de dólares.

O medo de que este caso contagie outras empresas do ramo tem contido as bolsas um pouco por todo o continente asiático. Agora, também a Fantasia Holdings Group, outra empresa do setor, falhou o prazo de pagamento de um cupão de 206 milhões de dólares. 

Nesta sessão, que decorreu durante a madrugada em Lisboa, registaram-se perdas na Coreia do Sul (-2%), no Japão (-1,3%) e em Hong Kong (-0,1%). Na China, a bolsa estará fechada até quinta-feira, devido à "semana dourada" - comemorações do aniversário da República Popular chinesa. Em Wall Street, os futuros negoceiam em leve queda.

Ver comentários
Saber mais Estados Unidos Europa economia negócios e finanças minérios e metais mercado e câmbios bolsa economia (geral) política macroeconomia diplomacia Evergreande china imobiliário
Outras Notícias