Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Opinião
Ulisses Pereira ulissespereira@hotmail.com 03 de Agosto de 2020 às 11:25

Saudades do futuro

Se dei o título a este artigo da saudosa canção dos Trovante foi porque estou desejoso de ver a pandemia ser um tema que ficou para trás

  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

"E vem o dia em que dobramos
os nossos cabos
Da roca a S. Vicente
em boa esperança
E de poder vaguear com as ondas
Ahhh, saudades do futuro..."
(Trovante)

Os últimos meses foram verdadeiramente loucos no mercado. E no mundo, sublinhe-se. Escrever sobre Bolsa e publicar análises neste período foi um dos desafios mais estimulantes e difíceis que enfrentei nestes 20 anos de escrita sobre mercados financeiros.

Se dei o título a este artigo da saudosa canção dos Trovante foi porque estou desejoso de ver a pandemia ser um tema que ficou para trás, que todos possamos voltar à nossa vida normal sem limitações e que eu possa escrever sobre Bolsa sem estar constantemente a referir-me a saúde, doentes e mortos.

Com maior ou menor dose de sensacionalismo, o final deste ano ou o início do próximo será marcado pelo início da vacinação a algumas franjas da população. Com tantas vacinas já na 3ª fase (ou em vias de entrar), a probabilidade que algumas sejam eficazes e seguras é enorme. É evidente que só ao longo do ano de 2021 a vacina chegará a grande parte do mundo, num processo complexo e que levará o seu tempo, dada a dimensão da população mundial. Mas a vacina já é um dado adquirido pelos mercados e não surpreenderá ninguém.

Alguns dos principais mercados mundiais (infelizmente, não posso colocar a Bolsa portuguesa nesta lista, algo que já começa a ser hábito) estão perto dos máximos históricos e a apresentar sinais de clara euforia. Mas recordo que a vacina já está interiorizada pelos mercados e o que sinto é que muitas acções estão cotadas a antecipar um cenário perfeito de recuperação económica. Esse é o meu maior receio.

Depois destes meses tão intensos, é hora de ter direito à minha pausa. Em Setembro, estarei de volta e espero encontrar-vos a todos de boa saúde. Porque, se há coisa que esta pandemia nos veio relembrar, é que é isso que verdadeiramente importa. Tudo o resto, é apenas dinheiro.


Artigo escrito em 31/07/20 às 11h00
Fontes: https://live.euronext.com/pt/

Ulisses Pereira não detém qualquer dos ativos analisados. Deve ser consultado o disclaimer integral aqui,onde também pode ser consultada a lista com as anteriores análises de Ulisses Pereira.

Artigo em conformidade com o antigo Acordo Ortográfico


Ver comentários
Saber mais Ulisses discos pedidos
Mais artigos do Autor
Ver mais
Outras Notícias