Patrícia  Abreu
Patrícia Abreu 19 de julho de 2018 às 19:58

Buffett só confia na Berkshire para investir

Warren Buffett está sempre atento às oportunidades no mercado. Mas o bilionário, que detém a Berkshire Hathaway, parece estar a encontrar dificuldades em investir a reserva de liquidez da empresa.

No entanto, Buffett já decidiu onde vai aplicar os 106 mil milhões de dólares: na própria Berkshire. A partir de Agosto, o investidor vai recomprar acções da companhia, juntando-se assim a um grande número de empresas norte-americanas que têm estado a aplicar as suas reservas de capital em programas de "buyback". Para avançar com a compra de acções próprias, o conselho de administração teve, porém, que aprovar uma mudança na linha de orientação de investimento da "holding". É que a antiga política da Berkshire impedia a compra dos seus próprios títulos, caso estes estivessem 120% acima do valor contabilístico. No entanto, esta nova regra foi alterada, no sentido de permitir a compra de acções próprias caso estas estejam abaixo do valor intrínseco. A última vez que Buffett tinha comprado acções da Berkshire foi em 2012. Os investidores gostaram novidade, com as acções a dispararem. Mas, do ponto de vista do mercado, isto pode ser um também um sinal de preocupação. Buffett não está confiante para investir no mercado.

 

Jornalista

Marketing Automation certified by E-GOI