Trading Musk perde 4,9 mil milhões no pior arranque do ano de sempre para a Tesla

Musk perde 4,9 mil milhões no pior arranque do ano de sempre para a Tesla

As ações da Tesla nunca tiveram um arranque de ano tão mau como em 2019 e Elon Musk está a pagar um elevado preço.
Bloomberg
Bloomberg 31 de maio de 2019 às 15:23

As ações da Tesla afundam mais de 40% este ano, retirando 4,9 mil milhões de dólares ao valor da posição detida por Elon Musk, numa altura em que Wall Street está cada vez mais cética sobre a procura dos consumidores pelos veículos elétricos da empresa.

 

Musk, de 47 anos, ocupa agora o 46.º lugar no índice dos bilionários da Bloomberg, com uma fortuna avaliada em 19,7 mil milhões de dólares, abaixo do 26.º que ocupava no início do ano.

 

A queda das ações em 2019 eliminou um total de 7,8 mil milhões de dólares no valor das ações detidas pelos quatro maiores acionistas da Tesla: Musk, Tencent, Fundo de Investimento da Arábia Saudita e Larry Ellison. Só em maio a "perda" ascende a 2,7 mil milhões de dólares.

 

A Tesla, a Tencent e o Fundo de Investimento não responderam aos pedidos de comentários. Ellison recusou comentar.

 

Ellison, co-fundador da Oracle que tem sido um defensor público de Musk, comprou três milhões de ações da Tesla no ano passado e integrou o conselho de administração em dezembro.

 

O JPMorgan Chase também está exposto à fabricante de automóveis.

 

O fundo da Arábia Saudita detém cerca de 5% do capital da Tesla.

PUB

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.

DeGiro

Marketing Automation certified by E-GOI