Trading Procter & Gamble sobe 2% com plano de reorganização

Procter & Gamble sobe 2% com plano de reorganização

As acções da P&G estão a ser sustentadas, esta quinta-feira, pelo anúncio de que está em estudo um plano de reorganização do administrador Nelson Peltz.
Procter & Gamble sobe 2% com plano de reorganização
Carla Pedro 07 de junho de 2018 às 18:38

A norte-americana Procter & Gamble (P&G) segue a ganhar terreno em bolsa, animada pelo facto de Nelson Peltz, da gestora de activos Trian Partners, ter dito que a sua proposta de reorganização da empresa está a ganhar tracção.

 

Nelson Peltz, que está na administração da P&G desde Março passado, depois de no ano passado ter perdido por uma estreita margem a sua tentativa [através de procurações obtidas junto de accionistas] de entrada no "board", declarou que o seu plano de reorganização da empresa está a ser "seriamente ponderado".

 

As acções reagiram com optimismo e seguem a somar 2,41% para 76,14 dólares na bolsa nova-iorquina.

 

O activista Nelson Peltz fez hoje estas revelações na conferência anual The Deal, em Nova Iorque, que aborda temas de governança corporativa e que é conduzida pelo apresentador do programa Mad Money da CNBC, Jim Cramer.

 

Peltz afirmou, citado pela CNBC, que o conselho de administração da P&G está muito receptivo às suas ideias, uma vez que os accionistas não querem o "business as usual".

 

O objectivo de Nelson Peltz é criar uma mentalidade de pertença no "board" da empresa e fazer com que a estrutura proposta seja mais responsabilizada, isto para combater a "ausência de responsabilização" patente nas empresas mais antigas e outrora muito bem sucedidas.

 

A Procter & Gamble é um conglomerado de empresas que opera em inúmeros ramos de actividade, desde alimentos a produtos de higiene e limpeza, com marcas como Ariel, Tide, Gillette, Old Spice, Oral-B, Head & Shoulders, AmbiPur e Vicks.

PUB

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.

DeGiro

Marketing Automation certified by E-GOI