Outros sites Cofina
Notícias em Destaque

As marcas escondidas dos metais preciosos

Alianças de casamento, pulseiras de bebé, brincos, colares ou anéis que passaram de geração em geração. Todos os portugueses têm pelo menos um objeto que já passou pela Contrastaria Portuguesa. O serviço, integrado na Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), fez esta semana 140 anos.
Filipa Lino e Miguel Baltazar - Fotografia 30 de Julho de 2022 às 11:00

Alianças de casamento, pulseiras de bebé, brincos, colares ou anéis que passaram de geração em geração. Todos os portugueses têm pelo menos um objeto que já passou pela Contrastaria Portuguesa. É lá que são feitas as marcas de contraste obrigatórias por lei nas peças produzidas com metais preciosos vendidas em Portugal. Marcas que, de tão pequenas que são, passam despercebidas, mas que são um dos mais antigos mecanismos de defesa do consumidor. O serviço, integrado na Imprensa Nacional-Casa da Moeda (INCM), fez esta semana 140 anos.

Ver comentários
Saber mais Contrastaria Portuguesa marcas oficiais de contrastaria metais preciosos ouro prata Imprensa Nacional Casa da Moeda ourivesaria joalharia indústria
Outras Notícias
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal