Weekend Camport: O grande campeão

Camport: O grande campeão

Os sapatos são muito mais do que um símbolo de conforto. Também definem um estilo pessoal. Portugal é, há muito, um dos centros de excelência do calçado. E, nesse aspecto, a Camport tem vindo a desenvolver ao longo de décadas um conjunto de propostas para homem, e também para mulher, que têm a ver com a tradição mas também com a modernidade.
Camport: O grande campeão
Fernando Sobral 18 de fevereiro de 2017 às 15:00
Os sapatos dizem muito sobre um homem. Ou uma mulher. Porque, para além de terem de ser confortáveis, devem ter estilo e elegância. É por isso mesmo algo que não deve ser descurado. A Camport faz parte das memórias fortes do calçado português. Porque é uma marca com memória, como se pode ver nos seus anúncios que marcaram a imaginação de alguns. Operando há mais de um quarto de século, continua a marcar a relação dos portugueses com os melhores sapatos. Sempre com um conceito inovador, sustentado na inovação, no conforto/qualidade e no design. Tudo com um ADN muito próprio e nacional.
A Camport e a Campeão Português, o presente e o passado, em termos de exposição pública.
A Camport e a Campeão Português, o presente e o passado, em termos de exposição pública.
A Camport vai buscar as suas origens à Campeão Português, criada em 1955, fábrica e marca criada por Domingos Torcato Ribeiro. Em 1986 surge a Camport, nome que está associado à junção da abreviatura das duas palavras, Campeão e Português. A empresa já tinha lançado na década de 60 uma linha que fez história: Super Climatizado, um sapato que se caracterizava por ser "quente no Inverno e fresco no Verão", graças à utilização de cortiça na sua composição. Na época faziam-se mais de mil sapatos por dia na Fábrica de Calçado Campeão Português. A partir dos anos 70 a marca passa a produzir sapatos injectados em poliuretano, material mais leve e flexível. Em 1986, juntamente com a criação da marca Camport, foram criadas novas linhas de produto com o foco na tecnologia, como as linhas Shock Absorber, Comfort, Anti-Static e All Leather. A Camport foi deixando a sua impressão digital no mundo do calçado em Portugal e no estrangeiro. E a marca olha para outras sensibilidades do mercado. A linha Camport Woman surge em 2003 e a Camport Kids em 2008. Em 2010 é também lançada a primeira edição do grupo HTD, com linha anti-estática.

Ao olharmos para os velhos anúncios da Camport há uma aura de nostalgia que abre as janelas para o futuro. Há muitas histórias por detrás do universo do calçado. Actualmente, a Camport, pertence a um dos maiores grupos portugueses, o Grupo Valérius, que emprega mais de 1.000 trabalhadores de forma directa e mais de 2.000 de forma indirecta. Mas o "know-how" adquirido ao logo de mais de 60 anos de experiência na produção de calçado continua, já que a Camport continua a ser a marca portuguesa que vende mais sapatos em Portugal. A grande aposta chama-se Direct Injection (DI), que consiste em calçado directamente injectado a PU e cortes produzidos com pele 100% natural, com uma sola interior almofadada, que no seu conjunto se traduz num sapato com um conforto extraordinário. E é uma marca em que todos os sapatos são produzidos na sua totalidade em Portugal.

Num mundo onde o calçado de qualidade volta a ser uma referência de elegância e distinção, aquele que é produzido em Portugal continua a estar num patamar cimeiro em termos de relevância.






Marketing Automation certified by E-GOI