Weekend Capitãs de Abril
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

Capitãs de Abril

“Todas elas estiveram lá, de uma maneira ou de outra”. A dramaturga Joana Craveiro desfia memórias de mulheres que viveram o 25 de Abril de 1974. Com um espectáculo que percorre a Avenida da Liberdade até à “sala de censura” do Cinema São Jorge, a encenadora combate a invisibilidade das mulheres nos processos históricos. A actriz Joana Brandão faz o mesmo com a peça “Coragem Hoje, Abraços Amanhã”. Ambas recolheram testemunhos femininos. “Falamos também de pessoas que não vêm nos livros. Mas todas elas estiveram lá. De uma maneira ou de outra”, repete Joana Craveiro.
Capitãs de Abril
Reforma agrária em Beja, Março de 1980
Eduardo Neves
Lúcia Crespo 20 de abril de 2018 às 12:00

"No dia 25 de Abril de 1974, no mesmo dia em que o fascismo caía em Portugal, uma jovem operária, Lúcia Palma Lampreia Luís, foi suspensa quatro dias por ter parado o trabalho durante hora e meia. Lúcia recusou-se a

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI