Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bill Gates defende que resolver problema da covid é muito mais fácil do que o ambiental

O multimilionário e fundador da Microsoft defende que acabar com a atual pandemia será "muito, muito fácil" quando comparada com o problema ambiental que o globo enfrenta.

Bloomberg
Negócios jng@negocios.pt 15 de Fevereiro de 2021 às 11:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Em declarações feitas a propósito do lançamento do seu novo livro – Como Evitar um Desastre Ambiental – Bill Gates argumenta, citado pela BBC, que resolver o problema das alterações climáticas seria "a coisa mais formidável que a humanidade alguma vez fez" e garante que acabar com a pandemia da covid-19 será "muito, muito fácil" comparativamente à resolução do problema ambiental que o globo tem defronte.

O multimilionário e fundador da Microsoft tem-se interessado crescentemente pela problemática climática nos últimos anos e a propósito da transição climática diz que se trata de um desafio sem precedentes. "Nós nunca fizemos uma transição como aquela que nos propomos fazer nos próximos 30 anos. Não existe nenhum precedente", afirma.

A escala do desafio em causa é de 51 mil milhões para zero, os dois números que Bill Gates considera essenciais. 51 mil milhões é o número de toneladas de gases com efeito estufa que o mundo emite para a atmosfera a cada ano e emissões zero (em termos líquidos) é o objetivo final. Esta meta de emissões líquidas zero significa cortar as emissões para um patamar em que as mesmas possam ser absorvidas em igual quantidade pela atmosfera.

O objetivo determinado pelo Acordo de Paris sobre alterações climáticas consiste em atingir a neutralidade carbónica até 2050, uma meta já incorporada no Green Deal da União Europeia.

Para conseguir reduzir as emissões é necessário um plano abrangente. Plantar árvores ajudará a uma maior absorção de gases, mas será também precisa uma grande aposta na produção de energias renováveis.

No entender de Bill Gates, a tecnologia irá aqui desempenhar um papel crucial. Energias limpas como a solar e a eólica podem contribuir para a descarbonização da eletricidade consumida por famílias e empresas, salienta o multimilionário sublinhando que, porém, isso representaria apenas um corte de 30% ao total das emissões.

Bill Gates acrescenta que será preciso descarbonizar 70% da restante economia global – dos cimentos ao aço, passando pelos fertilizantes ou pelos sistemas de transportes, entre outros -, contudo em muitos desses casos não existe ainda a tecnologia necessária a essa adaptação.

É por isso que Gates defende que o sucesso no combate contra as alterações climáticas para um planeta sustentável reside, em grande medida, na inovação tecnológica. A inovação no setor tecnológico de que Bill Gates fala também não tem precedentes, o que leva o fundador da Microsoft e filantropo e defender que os governos nacionais terão de liderar pelo exemplo e tomar a dianteira no combate em curso.
Ver comentários
Saber mais Bill Gates ambiente
Outras Notícias