Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CEO da EDP pede consistência e coragem aos políticos

O presidente executivo da EDP, António Mexia, pediu esta terça-feira em Madrid "consistência na decisão política" e "coragem" para assegurar uma transição mundial para fontes de energia mais "limpas e mais justas" socialmente.

Lusa 10 de Dezembro de 2019 às 20:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
"O grande desafio é haver consistência na decisão política e coragem para perceber que isto é um fenómeno climático, mas [também] é um fenómeno social, e pode ser mais limpo e mais justo", disse António Mexia à agência Lusa à margem de uma mesa redonda em que participou na Conferência das Nações Unidas sobre alterações Climáticas (COP25), a decorrer em Madrid.

Para o responsável da EDP, a "excelente notícia" é que a tecnologia já tem a resposta para as necessidades, tendo o custo da energia solar descido 90% e da eólica baixado mais de 50% na última década, sendo hoje "as energias mais baratas".

"A má notícia é que à velocidade em que estamos a andar não vamos conseguir reduzir as emissões nem conseguir o acesso à energia para todas as pessoas do mundo", disse António Mexia, acrescentando que, "por isso, é preciso ter vontade política e ser consistentes".

O presidente da EDP sublinhou que "a ambição tem de subir" para garantir que na próxima década, "que é decisiva", entre 2020 e 2030, seja feito "tudo o que for necessário" para que a temperatura do planeta "apenas suba 1,5 graus centigrados e não dois graus".

"Nós ainda não estamos aí", concluiu António Mexia, considerando que a próxima COP, em Glasgow (Escócia), é quando os países vão ter de mostrar que estão dispostos a acelerar na transição energética com a definição de objetivos mais ambiciosos.

As conhecidas COP realizam-se anualmente, juntando representantes de 195 países para decidir sobre novas estratégias na luta contra as alterações climáticas.

A atual COP25 esteve inicialmente marcada para o Chile, mas o país abdicou de a organizar devido aos conflitos que eclodiram no país nos últimos meses.
Ver comentários
Saber mais EDP António Mexia COP25 Climáticas política ambiente COP energia
Outras Notícias