Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida pública atinge novo recorde de 264,4 mil milhões em maio

A dívida pública começou a acentuar a subida logo em abril, o primeiro mês em que os reflexos da pandemia foram mais evidentes e o mês de paragem acentuada da economia. Agora voltou a atingir um valor recorde.

João Leão, ministro das Finanças, disse esperar que esta crise seja rapidamente   ultrapassada assim que a pandemia ficar sob controlo, por não ter uma origem estrutural.
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...
A dívida pública atingiu um novo valor recorde em maio, tendo subido para 264.379 milhões de euros. Os dados foram publicados esta quarta-feira pelo Banco de Portugal e evidenciam já os efeitos da pandemia de covid-19.

Comparando com abril, em termos líquidos o endividamento bruto aumentou 2.333 milhões de euros, tendo o principal contributo sido a emissão de títulos de dívida de longo prazo. 

Líquida de depósitos das administrações públicas a dívida também subiu, embora ligeiramente menos. O Banco de Portugal dá conta de um endividamento líquido de 239.214 milhões de euros, mais 2.191 milhões de euros do que no mês passado.

Este aumento do endividamento vai ao encontro da subida das necessidades de financiamento necessárias para fazer face à pandemia de covid-19. No orçamento suplementar, o Governo pede aos deputados da Assembleia da República que dupliquem o valor de endividamento adicional autorizado para este ano. Ou seja, em vez dos 10 mil milhões de euros adicionais previstos no orçamento inicial, o ministro das Finanças João Leão antecipa agora necessidades de 20 mil milhões de euros.

Para além das medidas de reação à pandemia, neste bolo de endividamento adicional estará também o financiamento necessário para a injeção de capital no Novo Banco, concretizada em maio, no valor total de 1.035 milhões de euros. Deste montante, 850 milhões de euros foram emprestados pelo Estado ao Fundo de Resolução. 

(Notícia atualizada às 11:25 com mais informação)
Ver comentários
Saber mais Dívida Pública financiamento das administrações públicas Banco de Portugal
Outras Notícias