Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Eurostat confirma queda de 0,6% do PIB da Zona Euro no primeiro trimestre

O PIB da Zona Euro encolheu 0,6% face ao último trimestre de 2020. No conjunto da União Europeia a contração foi de 0,4%, confirmou também o organismo de estatísticas de Bruxelas. O emprego recuou 0,3% face ao final do ano passado.

A natalidade também voltou a cair, o que ainda não reflete totalmente decisões tomadas na pandemia.
Ricardo Jr
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O PIB da Zona Euro recuou 0,6% no primeiro trimestre deste ano, quando comparado com os últimos três meses de 2020, confirmou esta terça-feira o Eurostat. O conjunto da União Europeia recuou 0,4%, um valor que vai também ao encontro da primeira estimativa. O organismo de estatísticas adianta ainda que o número de pessoas empregadas caiu 0,3% face ao final do ano passado.

Os dados revelados pelo Eurostat confirmam assim que a economia europeia arrancou o ano em dificuldades, fortemente condicionada por medidas de confinamento impostas para travar os contágios de covid-19. 

Comparando com o primeiro trimestre de 2020, a queda do PIB da zona euro foi de 1,8%, enquanto a da União Europeia foi de 1,7%. Porém, esta comparação já abrange meses afetados pela pandemia, que atingiu a região no início do ano passado.

De entre os 20 países da União Europeia para os quais já há dados para o primeiro trimestre deste ano, Portugal foi o Estado-membro que registou a maior queda do PIB. A economia nacional esteve fortemente condicionada nos primeiros três meses do ano, com um confinamento estrito, devido à maior vaga de covid-19 que registou até ao momento. Nos outros países a situação pandémica agravou-se um pouco mais tarde, entrando já no segundo trimestre do ano.

Entre as maiores economias da União Europeia, destaca-se a queda de 1,7% do PIB da Alemanha face ao final de 2020, Espanha recuou 0,5%, Itália contraiu 0,4% e França conseguiu crescer 0,4%. 

(Notícia atualizada às 11:00 com mais informação)
Ver comentários
Outras Notícias