Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal com recorde de 91 mortes por covid-19 e internados superam os 3.000

A Direção-Geral de Saúde (DGS) reportou mais 3.996 casos de infeção pelo coronavírus nas últimas 24 horas. Há também mais 91 vítimas mortais a lamentar, um máximo absoluto.

O grupo Unilabs escolheu Portugal para instalar o seu maior laboratório de despistagem da covid na Europa.
Getty Images/iStockphoto
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 16 de Novembro de 2020 às 15:46
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
O número de pessoas infetadas pela covid-19 em Portugal aumentou em 3.396, para um total de 225.672, de acordo com os dados revelados esta segunda-feira, 16 de novembro, pela Direção Geral da Saúde (DGS). 

Quanto às mortes relacionadas com o novo coronavírus, aumentaram em 91 nas últimas 24 horas, o número mais elevado de sempre, elevando o total de óbitos desde o início da pandemia para 3.472. Só em novembro já foram contabilizados 928 falecimentos, o valor mais elevado num só mês.

Os dados públicados esta segunda-feira pela DGS incorporam mudança no sistema de análise de dados, sendo que os dados cumulativos "foram atualizados historicamente, resultando em +4.375 casos confirmados, +13.529 casos recuperados e -9.154 casos ativos".

 

Tendo em conta a evolução diária reportada hoje e que diz respeito a domingo, dia 16 de novembro, o número de óbitos em 24 horas é o mais elevado de sempre (anterior máximo era de 82), enquanto o número de casos é o mais reduzido desde 3 de novembro (é habitual os números de casos diminuírem aos domingos).

A média diária de novos casos dos últimos sete dias aumentou para 6.036, o que compara com os 5.425 tendo em conta os dados até ontem.

Nos últimos 14 dias Portugal acumulou 765 novos casos por 100 mil habitantes. Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, fixou um novo recorde e supera largamente o limite definido de 240 casos por 100 mil habitantes. 

O número de doentes recuperados aumentou em 3.560, para um total de 142.155, enquanto os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, aumentaram em 345. Os casos ativos são agora 80.045.


Internados acima dos 3 mil

O número de internados devido à covid-19 aumentaram em 111, para um total de 3.040 pacientes internados, o que representa um novo máximo e pela primeira vez acima dos 3.000. No espaço de dois dias o número de doentes a entrar no hospital aumentou em 142.

 

Já no que respeita aos casos mais graves, de internamentos em unidades de cuidados intensivos, são agora 426, mais 11 do que ontem e também um máximo histórico. 

Norte com mais de 2 mil casos

 

Tal como tem vindo a suceder, a maioria dos novos casos reportados localizam-se na região Norte, que soma mais 2.063 novos casos, mais de metade dos contágios no país nas últimas 24 horas, que elevam o total da região para 114.025. 

Lisboa e Vale do Tejo conta agora com 80.809 casos, mais 1.350 do que ontem. Dos restantes novos casos, 462 foram no Centro, 39 no Alentejo, 56 no Algarve, 10 nos Açores e 16 na Madeira.

 

A revisão efetuada pela DGS adicionou 2.101 casos na região do Norte, 1.745 casos em LVT, 286 casos no Alentejo, 163 casos no Algarve, 52 casos na Madeira, 29 casos no Centro e removeu 1 caso na região dos Açores.

Quanto aos óbitos, a maioria foi no Norte, com 44. Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo, com 33, o Centro, com 11, e o Alentejo com 3.

Ver comentários
Saber mais DGS Portugal mortos coronavírus covid-19 recuperados internamentos ativos
Outras Notícias