Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal com recorde de 293 mortes e 15.073 novos casos de covid-19

O número de casos de infeção em Portugal aumentou em 15.073 e o número de mortes subiu em 293 nas últimas 24 horas. O aumento das recuperações abrandou face a ontem e o crescimento do número de internados em Portugal voltou a acelerar nas últimas 24 horas.

Rita Faria afaria@negocios.pt 27 de Janeiro de 2021 às 14:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...

Nas últimas 24 horas foram registados em Portugal mais 15.073 casos de pessoas infetadas pela covid-19, segundo os dados revelados esta quarta-feira, 27 de janeiro, pela Direção Geral de Saúde (DGS). É o segundo número mais elevado de sempre – o mais alto foi a 23 de janeiro, com 15.333 novos casos – e que traduz uma forte subida face a ontem, em que foram reportados 10.765 novas infeções. No total, há já 668.951 casos confirmados no país desde o início da pandemia.

No que respeita aos óbitos relacionados com o vírus, há a lamentar mais 293 vítimas mortais no país, um novo recorde, depois das 291 mortes reportadas na terça-feira. A pandemia já vitimou 11.305 pessoas em Portugal.

O relatório da DGS mostra também que o aumento das recuperações abrandou face a ontem. Depois dos 13.728 casos de doentes recuperados, hoje foram 9.268, que elevaram o total para 484.753.

Assim, os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, aumentaram em 5.512 para 172.893.

Com os números conhecidos esta quarta-feira, a média diária de novos casos dos últimos sete dias subiu para 12.478, o valor mais elevado de sempre.

Nos últimos 14 dias, Portugal acumulou 1.572 novos casos por 100 mil habitantes, o nível mais elevado de sempre. Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, mais do que sextuplica o limite definido de 240 casos por 100 mil habitantes. 

Ritmo de internamentos volta a subir

O crescimento do número de internados em Portugal voltou a acelerar nas últimas 24 horas, depois de ter abrandado na véspera. Estão agora internados mais 131 pacientes em Portugal, num total de 6.603, depois do aumento de 52 reportado ontem.

No que respeita os casos mais graves, de doentes internados em unidades de cuidados intensivos, a subida foi de 18 para um total de 783 pacientes.

Recorde de novos casos em LVT, Algarve e Madeira

Dos novos casos identificados no país, 7.605 foram em Lisboa e Vale do Tejo, um recorde para esta região, que representou 50% das novas infeções. Além desta, também o Algarve e a Madeira registaram o número mais elevado de novos casos até à data com mais 500 e 191, respetivamente.

Dos restantes novos casos, 3.959 foram no Norte, 2.309 no Centro, 484 no Alentejo e 25 nos Açores.

No que respeita aos óbitos, o Centro marcou um novo máximo para a região, com 66 óbitos em apenas 24 horas.

O número mais elevado, ainda assim, foi registado em Lisboa e Vale do Tejo que, com mais 136 vítimas mortais chegou às 4.267, superando pela primeira vez o Norte no número de mortos desde o início da pandemia (4.258). Nesta última região há mais 59 mortos, no Alentejo 26, no Algarve 5 e nos Açores 1. Na Madeira não há mais vítimas mortais a lamentar.

 

Ver comentários
Saber mais covid-19 coronavírus POrtugal DGS boletim diário
Outras Notícias