Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Concelhos de risco deverão ter três níveis de restrições. Recolher ao fim de semana só no nível mais grave

Depois de conversar com o Presidente da República, o deputado ecologista José Luís Ferreira antecipou que o Governo, segundo lhe comunicou Marcelo Rebelo de Sousa, pretende criar três níveis para os concelhos atualmente mais atingidos pela pandemia. Veja em que patamar está o seu concelho atualmente.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O Governo pondera escalonar os concelhos de alto risco de contágio com base em três patamares de gravidade e em função do número de casos de infeção por 100 mil habitantes, segundo revelou aos jornalistas o deputado d'Os Verdes, José Luís Ferreira. 

Em declarações reproduzidas pela RTP3, e à saída do encontro mantido com o Presidente da República, o deputado ecologista fez referência à "novidade" que lhe fora transmitida por Marcelo Rebelo de Sousa: "O Governo está a pensar nivelar em três [níveis] os concelhos" considerados de maior risco de contágio da covid-19 e onde foram impostas medidas mais restritivas. 

Ainda de acordo com o deputado do PEV, o Executivo pretenderá manter o recolher domiciliário obrigatório a partir das 13:00 aos fins de semana somente nos concelhos com mais de 960 casos confirmados por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, ou seja, no patamar de maior risco. 

Neste patamar (ver lista completa em baixo) cabem 28 concelhos (tendo em conta os dados até 10 de novembro). São quase todos do Norte e entre eles estão o Porto, Guimarães, Matosinhos e Guarda. Estes 28 municípios somam, em conjunto, 1,58 milhões de habitantes, concentrando-se nas regiões do Vale do Sousa, Vale do Ave e Grande Porto. 

Assim, os níveis deverão distinguir-se da seguinte forma: Restrições menos pesadas para os concelhos que detenham entre 240 e 480 casos; Medidas mais restritivas para os concelhos com entre 480 e 960 casos; As medidas de maior restrição serão aplicadas aos concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, nos quais permanecerá em vigor o recolher obrigatório aos fins de semana após as 13:00 horas.

Para o próximo fim de semana está previsto o recolher obrigatório em 191 concelhos.

O deputado José Luís Ferreira disse que Os Verdes não estão de acordo com esta gradução, considerando incompreensíveis as medidas em vigor nos concelhos com maiores índices de contágios. "Eu próprio não compreendo o que se tem a ganhar em obrigar as pessoas todas a irem às compras durante a manhã [de sábados e domingos], o que potencia uma aglomeração de pessoas muito maior".

Verdes a favor de maior contenção, mas contra estado de emergência
Dando continuidade aos mais recentes votos contra os estados de emergência, o PEV opõe-se à renovação do estado de emergência que está em vigor até 23 de novembro. "Consideramos que as medidas que se impõem tomar e que o Governo deve tomar para combater a pandemia dispensam o recurso a este mecanismo extremo", frisou José Luís Ferreira que admite ser necessário recorrer a medidas de maior restrição para controlar a situação.

"Bem sabemos que a situação é grave e que exige o reforço das medidas de contenção, mas nós não confundimos medidas de contenção com o estado de emergência porque são realidades distintas e pretender confundi-las é pretender confundir os portugueses", acrescentou o parlamentar. "Somos a favor do reforço das medidas de contenção, mas não acompanhamos a renovação do estado de emergência", resumiu.

Marcelo Rebelo de Sousa iniciou esta terça-feira uma ronda junto dos partidos com assento parlamentar para medir o pulso do que pensam as forças políticas acerca da crise pandémica e do processo de discussão do Orçamento do Estado para 2021, que é votado sexta-feira na especialidade.

Sobre o Orçamento, José Luís Ferreira explicou que o PEV reduziu a 25 medidas as propostas enviadas ao Governo. "Estamos à espera [que o Governo] nos diga o que pensa sobre essas propostas para depois construirmos o nosso sentido de voto, que vai depender não só da forma como olhar para as nossas propostas, mas de como sairá a sua versão final", disse notando que "até agora está tudo em aberto".

Se este escalonamento de medidas for aplicado antes da próxima atualização da lista de concelhos, prevista para 26 de novembro e reportando-se ao período de 11 a 24 de novembro, é possível verificar quais os municípios que pertencem a cada um dos níveis de medidas.

VEJA QUAL É A SITUAÇÃO DE CADA UM DOS 188 CONCELHOS QUE SUPERAM OS 240 CASOS

(os municípios de Alcochete, Cadaval e Montijo estão abrangidos pelas medidas dos concelhos de alto risco por se localizarem junto a municípios de risco)


Lista dos 98 concelhos com 240 a 480 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias:

Abrantes

Águeda

Albergaria-a-Velha

Albufeira

Alcácer do Sal

Alcanena

Alenquer

Alfândega da Fé

Aljustrel

Almeida

Almeirim

Alvaiázere

Amadora

Anadia

Ansião

Arcos de Valdevez

Arganil

Arruda dos Vinhos

Aveiro

Azambuja

Barreiro

Beja

Benavente

Borba

Boticas

Cabeceiras de Basto

Campo Maior

Cantanhede

Carrazeda de Ansiães

Cartaxo

Castelo Branco

Chamusca

Coimbra

Condeixa-a-Nova

Constância

Covilhã

Crato

Cuba

Elvas

Estarreja

Évora

Faro

Ferreira do Alentejo

Fornos de Algodres

Grândola

Ílhavo

Lagos

Lamego

Macedo de Cavaleiros

Mira

Miranda do Corvo

Miranda do Douro

Mirandela

Moita

Mondim de Basto

Montalegre

Montemor-o-Velho

Murtosa

Oeiras

Oliveira de Frades

Oliveira do Bairro

Ourém

Palmela

Pampilhosa da Serra

Penacova

Penalva do Castelo

Penamacor

Penela

Ponte de Sor

Portalegre

Portimão

Reguengos de Monsaraz

Resende

Ribeira de Pena

Rio Maior

Salvaterra de Magos

Santa Comba Dão

São Brás de Alportel

São Pedro do Sul

Sardoal

Sátão

Seixal

Sesimbra

Sintra

Sobral de Monte Agraço

Sousel

Tábua

Tavira

Vagos

Viana do Alentejo

Viana do Castelo

Vila do Bispo

Vila Flor

Vila Nova de Paiva

Vila Real de Santo António

Vila Velha de Ródão

Vila Verde

Viseu



Lista dos 62 concelhos com 480 a 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias:

Alijó

Almada

Amares

Arouca

Arronches

Baião

Barcelos

Braga

Bragança

Cascais

Castelo de Paiva

Castro Daire

Celorico da Beira

Celorico de Basto

Chaves

Coruche

Espinho

Esposende

Estremoz

Figueira da Foz

Figueira de Castelo Rodrigo

Fundão

Gondomar

Lisboa

Loures

Mafra

Maia

Mangualde

Mealhada

Mêda

Mogadouro

Monforte

Mora

Nelas

Odivelas

Ovar

Paredes de Coura

Peso da Régua

Ponte de Lima

Póvoa de Lanhoso

Póvoa de Varzim

Proença-a-Nova

Redondo

Sabrosa

Santa Maria da Feira

Santa Marta de Penaguião

Santarém

Seia

Setúbal

Sines

Torre de Moncorvo

Vale de Cambra

Valença

Vieira do Minho

Vila do Conde

Vila Franca de Xira

Vila Nova de Cerveira

Vila Nova de Foz Côa

Vila Nova de Gaia

Vila Pouca de Aguiar

Vila Real

Vila Viçosa

 

Lista dos 28 concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias:

Amarante

Belmonte

Caminha

Cinfães

Fafe

Felgueiras

Freixo de Espada à Cinta

Guarda

Guimarães

Idanha-a-Nova

Lousada

Manteigas

Marco de Canaveses

Matosinhos

Murça

Oliveira de Azeméis

Paços de Ferreira

Paredes

Penafiel

Porto

Santo Tirso

São João da Madeira

Sever do Vouga

Trancoso

Trofa

Valongo

Vila Nova de Famalicão

Vizela



Neste mapa veja quantos casos tem o seu concelho por 100 mil habitantes nos 14 dias anteriores a 10 de novembro


(Notícia em atualização)
Ver comentários
Saber mais Verdes José Luís Ferreira Covid-19
Outras Notícias