Economia Alimentação e transportes justificam queda da inflação em Fevereiro

Alimentação e transportes justificam queda da inflação em Fevereiro

O INE confirmou que a taxa de inflação em Portugal recuou para o valor mais baixo desde Novembro de 2016. A contribuir para esta leitura está a travagem na subida dos preços da alimentação e transportes.
Alimentação e transportes justificam queda da inflação em Fevereiro
Bloomberg
Sara Antunes 12 de março de 2018 às 11:55

A taxa de inflação em Portugal caiu de 1%, em Janeiro, para 0,6%, em Fevereiro, confirmou o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta segunda-feira, 12 de Março. Um valor que já tinha sido apurado na estimativa rápida, divulgada a 28 de Fevereiro

Este é o terceiro mês consecutivo de abrandamento da inflação em Portugal, com a variação do índice de preços no consumidor a ser a mais baixa desde Novembro de 2016.

O INE revelou agora o que contribuiu para esta travagem na inflação. Por um lado, o agrupamento de produtos alimentares e bebidas sem álcool registou um aumento de preços de 0,45%, quando comparado com igual período do ano passado. Já em Janeiro, a inflação neste segmento estava nos 1,45%.

 

A contribuir para esta realidade está também a subida menos pronunciada dos transportes. Em Fevereiro, os preços neste segmento aumentaram 1,02%, quando no mês anterior o aumento tinha sido superior a 3%.




pub