Economia Ana Paula Vitorino: "O país fez um investimento de 1.500 milhões" no mar

Ana Paula Vitorino: "O país fez um investimento de 1.500 milhões" no mar

A ministra do Mar, que está de saída do Governo, garante que o peso da Economia do Mar na economia nacional duplicou nesta legislatura. Além do investimento feito nesta legislatura, Ana Paula Vitorino salienta os 1.600 milhões que deixa assegurados para Sines.
Ana Paula Vitorino: "O país fez um investimento de 1.500 milhões" no mar
Negócios 18 de outubro de 2019 às 13:27

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, salientou esta sexta-feira, numa mensagem enviada antes de deixar as funções, que nos últimos anos "o país fez um investimento, público e privado, de 1.500 milhões de euros", tendo ainda deixado "assegurados mais 1.600 milhões de euros decorrentes dos projetos de Sines".


De acordo com a responsável, "o peso da Economia do Mar na economia nacional duplicou nesta legislatura, estimando-se que atinja 5% do VAB em 2019".


Ana Paula Vitorino, que será substituída na pasta por Ricardo Serrão Santos, salientou na mesma mensagem que o Governo de que fez parte estabeleceu como prioridade da sua atuação o Mar, que viu criado um Ministério em novembro de 2015.


"Pela primeira vez em Portugal se tomou verdadeira consciência, a nível governativo, que a governação do Oceano tem que obrigatoriamente ser global e integrada e que a sua verdadeira riqueza passa antes de tudo pela preservação e recuperação do seu potencial natural", salienta a governante, lembrando que "não há Planeta B e o combate às alterações climáticas passa incontornavelmente pelo Oceano".


Ana Paula Vitorino frisa ainda que "o Oceano é apenas um a sua governação deverá ser global e integrada, devendo ser suportada numa abordagem de colaboração internacional. Problemas globais exigem soluções globais".


Entre as várias iniciativas que descreve, Ana Paula Vitorino refere estar em curso a instalação de um gabinete em Portugal para implementar esta década de iniciativas sobre ciências e tecnologias do Mar.


A ainda ministra elenca ainda as várias medidas desenvolvidas pelo seu gabinete, desde a simplificação e digitalização de procedimentos à concretização de investimento público e privado na indústria do pescado e em infraestruturas portuárias.


"Temos hoje um Mar mais seguro e mais valorizado", garante.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI