Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Assalto-relâmpago à Alfândega de Braga

A alfândega de Braga foi ontem assaltada por três encapuçados que em três minutos levaram todo o dinheiro disponível na tesouraria. A Polícia Judiciária já está a investigar o caso.

Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 22 de Setembro de 2006 às 12:54
  • Partilhar artigo
  • ...

A alfândega de Braga foi ontem assaltada por três encapuçados que em três minutos levaram todo o dinheiro disponível na tesouraria. A Polícia Judiciária já está a investigar o caso.

A alfândega de Braga foi ontem à tarde assaltada por três pessoas encapuçadas, que, em apenas três minutos, levaram todo o dinheiro disponível na tesouraria. Contactado pelo Jornal de Negócios, fonte oficial do Ministério das Finanças, confirma o assalto, acrescentando que "não houve qualquer dano material ou físico".

Os montantes envolvidos no assalto, que ocorreu por volta das 15H30 de ontem, não serão divulgados pelas Finanças, que alega que "o caso encontra-se em investigação".

O Jornal de Negócios sabe ainda que o responsável pela alfândega de Braga, João Paulo Rodrigues, encontra-se neste momento a prestar declarações na Polícia Judiciária sobre os contornos do assalto.

Contactada pelo Jornal de Negócios para comentar a questão, a comissão de trabalhadores (CT) da Direcção-Geral das Alfândegas e dos Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) entende que este caso reflecte a perda de autoridade da instituição, as carências de pessoal e consequente deterioração das condições de segurança.

António Castela, coordenador da CT, diz que a DGAIEC tem vindo a perder autoridade no controlo das fronteiras, uma realidade que se manifesta no aumento das "agressões verbais e físicas" que tem havido nos aeroportos, marinhas e portos. Além disto, a DGAIEC defronta-se com "graves problemas de falta de pessoal", havendo "missões que estão a trabalhar com apenas uma pessoa", diz.

Ver comentários
Outras Notícias