Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Complemento de estabilização chega aos trabalhadores no dia 30 de julho

O complemento de estabilização devido a quem está em lay-off deverá ser pago aos trabalhadores na próxima quinta-feira, dia 30 de julho, adiantou a Ministra do Trabalho de da Segurança Social.

António Cotrim / Lusa
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os trabalhadores em lay-off deverão receber o complemento de estabilização na próxima quinta-feira. A informação foi avançada pela Ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, na conferência de imprensa que se seguiu ao Conselho de Ministros desta segunda-feira. 

"A informação que tenho é que o Instituto da Segurança Social fez o processamento e já deu ordem para a transferência, para que seja pago diretamente aos trabalhadores. Como estava previsto, estará à disposição dos trabalhadores no dia 30", revelou Ana Mendes Godinho. 

O complemento de estabilização é um apoio criado pelo Governo no início de julho, que tem em vista compensar os trabalhadores "que tiveram uma redução de rendimento salarial por terem estado abrangidos pelo regime de layoff simplificado ou pelo regime de layoff ao abrigo do Código do Trabalho, durante pelo menos um mês civil completo entre os meses de abril e junho, e cuja remuneração base, em fevereiro de 2020, tenha sido igual ou inferior a duas vezes a Remuneração Mínima Mensal Garantida", o equivalente a 1270 euros.

O apoio varia entre os 100 e os 301 euros e será distribuído entre cerca de 468 mil trabalhadores. O cálculo do apoio é feito automaticamente pela Segurança Social, com base nas declarações de remunerações entregues até 15 de julho.

Ver comentários
Saber mais Ana Mendes Godinho Ministra do Trabalho e da Segurança Social Conselho de Ministros
Mais lidas
Outras Notícias