Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Construção cai mais de 8% em junho

A acompanhar a tendência, os índices de emprego e de remunerações também descerram, embora menos do que em maio.

Mariline Alves
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 07 de Agosto de 2020 às 11:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Índice de Produção na Construção diminuiu 8,5% em junho face ao mesmo mês do ano anterior, precisamente na mesma medida daquilo que se observou em maio, nota o Instituto Nacional de Estatística.

Apesar da quebra homóloga, este índice apresenta em junho o valor mais alto desde março, ao marcar 98,8. A rubrica engenharia civil contribuiu para o movimento com uma queda homóloga de 8,8% e a construção de edifícios desceu 8,3%.

A acompanhar a tendência, os índices de emprego e de remunerações registaram variações homólogas de -1,6% e -2,6%, respetivamente, ainda assim mais baixas que as quebras de 2,4% e 5,9% do mês anterior.

Estes dados constam do boletim Índices de Produção, Emprego e Remunerações na Construção, que foi divulgado esta sexta-feira, 7 de agosto. Paralelamente, o INE publicou também o Índice de Custos de Construção de Habitação Nova.

Neste último boletim conclui-se que em junho os custos de construção de habitação nova aumentaram 1,1%, mais 0,4 pontos percentuais que o observado no mês anterior. O preço dos materiais e o custo da mão de obra apresentaram, respetivamente, variações de 0,6% e de 1,8% face ao período homólogo. Em cadeia, o custo dos materiais registou uma variação de -0,3% e o custo da mão de obra aumentou 1,9%.

Ver comentários
Saber mais Índice de Produção na Construção Instituto Nacional de Estatística economia negócios e finanças construção e obras públicas
Outras Notícias