Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Espanha dá início a projeto-piloto para transporte de milho ucraniano via comboio

Governo espanhol visa demonstrar a viabilidade técnica e económica do transporte ferroviário dos cereais através da linha que atravessa a Europa desde Lodz, na Polónia, até Barcelona.

Milho
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 10 de Agosto de 2022 às 15:27
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...
Espanha arrancou com um projeto-piloto que permitirá transportar 600 toneladas de milho via comboio desde a Ucrânia até Barcelona, anunciou esta quarta-feira o Ministério dos Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana. A iniciativa surge como alternativa ao transporte marítimo, que ficou condicionado pelas limitações nos portos no Mar Negro, na sequência da guerra na Ucrânia.

A rede de transportes Renfe Mercancías, indica o ministério numa nota publicada na sua página oficial, enviou até agora 25 contentores até à fronteira entre a Polónia e a Ucrânia para transportar este cereal até Espanha.

Com esta iniciativa, "o governo espanhol procura demonstrar a viabilidade técnica e económica do transporte ferroviário dos cereais através da linha que atravessa a Europa desde Lodz, na Polónia, até Barcelona", refere a entidade no comunicado.

Os contentores partiram esta terça-feira de Madrid em direção à Polónia, estando o seu regresso a Barcelona previsto para o início de setembro. 

O ministério tutelado por Raquel Sánchez aponta que inicialmente estava previsto o transporte de uma carga maior, mas, devido à reabertura dos portos ucranianos, esta foi reduzida para 600 toneladas. Contudo, garante, servirá igualmente para comprovar a viabilidade de uma solução ferroviária. 

A Rússia e a Ucrânia assinaram no final de julho acordos separados com a Turquia e a ONU para a retoma da exportação de cereais de três portos ucranianos, encerrados desde o início da guerra, em 24 de fevereiro.

Ver comentários
Saber mais Ucrânia Espanha Barcelona Polónia Mar Negro Ministério dos Transportes Mobilidade e Agenda Urbana
Outras Notícias