Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fitch aponta queda de 6,6% do PIB de Portugal este ano

A agência de rating estima que a economia portuguesa registe uma contração de 6,6% em 2020, para depois se expandir 3,7% em 2021.

Portugal emitiu certificados ao retalho que tinham indexado parte dos juros ao crescimento do PIB.
Pedro Nunes/Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 30 de Julho de 2020 às 17:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A Fitch projecta uma contração de 6,6% do PIB português este ano, para depois crescer 3,7% em 2021.

 

Num relatório hoje divulgado, a agência de notação financeira diz que existem elevados riscos de estas estimativas poderem sair piores, atendendo à incerteza quanto à abrangência e duração da pandemia de covid-19 e quanto ao seu impacto no turismo.


"Portugal tem uma economia pequena e aberta que se baseia grandemente nas exportações e no turismo, deixando o país vulnerável à debilitação da economia europeia. A abrangência e duração da pandemia, e o seu impacto no turimo – que contribui com cerca de 17% para o PIB de Portugal e com 19% para o emprego – constituem riscos substanciais", sublinha.


O Ministério português das Finanças inscreveu no orçamento retificativo uma contração de 6,9% do PIB, seguindo de perto a estimativa da Comissão Europeia (recuo de 6,8%), pelo que a projeção da Fitch acaba por ser mais otimista. Já a OCDE espera uma queda de 9,4% do PIB de Portugal – que poderá elevar-se a 11,3% se houver uma segunda vaga da pandemia.

 

A Moody’s mostra-se mais alinhada com as previsões da OCDE. Num relatório divulgado ontem, a agência estimou que o PIB de Portugal deverá encolher 9,5% este ano, isto apesar de estar a recuperar algum impulso no segundo semestre.




(notícia atualizada às 18:02)

Ver comentários
Saber mais Fitch Portugal PIB
Mais lidas
Outras Notícias