Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Inflação “crítica” volta a subir mas a um ritmo mais lento em novembro

Inflação subjacente aumentou em novembro, em contraciclo com a inflação global, mas a subida foi a mais moderada dos últimos 12 meses. Mas é ainda prematuro antever uma travagem no índice em que o BCE tem olhos postos.

A inflação “core” é determinante para normalizar política monetária.
A inflação “core” é determinante para normalizar política monetária. iStockphoto
Joana Almeida JoanaAlmeida@negocios.pt 01 de Dezembro de 2022 às 22:00
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A inflação recuou em novembro para 9,9%, caindo de valores acima dos dois dígitos. Mas a inflação subjacente, que exclui a energia e os alimentos não transformados por serem mais voláteis às variações de preços, voltou a aumentar. Ainda assim, essa inflação, considerada mais “crítica”, subiu a um ritmo mais lento, o que poderá indiciar um futuro abrandamento.

...

Ver comentários
Saber mais INE Comissão Europeia BCE macroeconomia preços inflação conjuntura inflação subjacente
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio