Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Regulador abre a porta a identificação de clientes por videoconferência

As vendas à distância aumentam o risco de branqueamento de capitais por serem utilizados canais suscetíveis de promover o anonimato. ASAE quer cuidados acrescidos.

Pedro Elias/Negócios
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 21 de Fevereiro de 2022 às 11:30
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

Na contratação à distância para venda de bens ou serviços, a identificação de clientes para efeitos de aplicação das regras de prevenção do branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo poderá ser efetuada por videoconferência. Não havendo uma “interação em direto entre as contrapartes”, admite-se que o procedimento seja feito através de um vídeo previamente

...

Ver comentários
Saber mais ASAE Combate ao Branqueamento de Capitais crime económico videoconferência
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio