Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reino Unido acaba o ano com mais confiança dos consumidores e das empresas

Tanto os consumidores como as empresas no Reino Unido mostraram-se mais otimistas, em dezembro, com a evolução da economia.

Toby Melville/Reuters
Negócios com Bloomberg 20 de Dezembro de 2019 às 07:47
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O nível de confiança registado entre os empresários e os consumidores britânicos subiu em dezembro, mesmo no período anterior às mais recentes eleições, que trouxeram alguma definição ao futuro do país no que toca o Brexit.

A GfK divulgou esta sexta-feira, 20 de dezembro, que o índice que mede o sentimento dos consumidores aumentou em três pontos para atingir o nível mais alto desde julho. O impulso por detrás deste salto foram as perspetivas melhoradas quanto ao estado da economia em 2020.

Paralelamente, um índice de confiança das empresas elaborado pelo banco Lloyds atingiu um máximo de cinco meses. A avaliação que as empresas fazem do impacto do Brexit na sua atividade está no nível menos negativo desde janeiro.

Ambos os estudos foram elaborados antes do dia das eleições britânicas, que decorreram a 12 de dezembro. Nessa data, Johnson conquistou uma maioria, com a promessa de que iria acelerar o Brexit. Entretanto, já está a tomar medidas legais para que o prazo do acordo não se arraste além do dia 31 de janeiro.

A primeira votação em relação ao acordo do Brexit está marcada para esta sexta-feira, e espera-se que a proposta de Boris Johnson ganhe, uma vez que o seu partido está em maioria e disse que o apoiava. Nos dias 7 a 9 de janeiro, o documento volta a ser discutido em sede pública.

Ver comentários
Saber mais Reino Unido Brexit Boris Johnson economia negócios e finanças política macroeconomia questões sociais negócios (geral) economia (geral)
Outras Notícias