Saúde Rui Riso: os trabalhadores do SAMS não podem ter a contratação coletiva dos bancários

Rui Riso: os trabalhadores do SAMS não podem ter a contratação coletiva dos bancários

O presidente do Sindicatos do Bancários do Sul e Ilhas admite que existe neste confronto um "tempero" do conflito entre a UGT e a CGTP.
A carregar o vídeo ...
Celso Filipe Rosário Lira 17 de março de 2019 às 12:00

Rui Riso lamenta as greves agendadas e à semana de luta dos trabalhadores do SAMS, cuja entidade patronal é o Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas (SBSI), mas diz que nada fará para evitar.

O presidente do SBSI afirma que esta a sua atitude se deve ao facto de as reivindicações feitas pelos sindicatos serem as mesmas que levaram ao rompimento das negociações.

Na Conversa Capital, entrevista conjunta do Negócios e Antena 1, Rui Riso afirma que sindicatos quiseram impor a sua proposta e adianta: "Eu quero que os trabalhadores tenham contratação coletiva mas não é a dos bancários, é a dos trabalhadores de saúde privada em Portugal".

O líder dos bancários do Sul e Ilhas adianta que, para lá da negociação, há um confronto com "o tempero" de um conflito entre CGTP e UGT


A entrevista a Rui Riso pode ser, na íntegra, na versão impressa ou na edição premium do Negócios de segunda-feira,18 de março.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI