Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Taxa de desemprego baixa para 6,9% em junho

Durante o mês de junho, a população empregada aumentou 0,3% em relação ao mês anterior, revelou o INE. Comparando com junho de 2020 o aumento de pessoas que estão a trabalhar foi de 4,5%.

Maioria dos empresários acredita que o nível de atividade deve retomar no início de 2022.
Vitor Mota
Filomena Lança filomenalanca@negocios.pt 29 de Julho de 2021 às 11:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A taxa de desemprego recuou ligeiramente em junho, fixando-se nos 6,9%, contra 7% em maio, revelou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística, numa estimativa ainda provisória e que será confirmada em agosto. Olhando para junho do ano passado, verifica-se igualmente uma redução, de 0,6 pontos percentuais (p.p.).

Quanto à taxa subutilização de trabalho - um indicador mais alargado, que inclui além dos desempregados a população que, nomeadamente, não estando a trabalhar, também não procurou trabalho - situou-se em 12,7%, valor inferior em 0,1 p.p. ao de maio e menos 3,0 p.p. que em junho de 2020.

Contas feitas, a população empregada aumentou 0,3% em relação ao mês anterior - mais 69 mil pessoas -, 1,9% relativamente a três meses antes e 4,5% por comparação com o mesmo mês de 2020. Já a população desempregada diminuiu 1,5% em relação a maio, mas aumentou 6,5% face a março. 

No final de junho, a população ativa era, assim, de 5.149,7 milhares de pessoas, com 4.793,6 empregados. 356,1 mil pessoas estavam desempregadas. 

Já a taxa de inatividade, que em maio foi de 33,1%, passou 32,9%, uma diferença de 0,2 p.p.. Comparando com junho do ano passado, a diferença foi de menos 2,4p.p..

Desemprego jovem aumenta

 

A taxa de desemprego dos jovens, entre os 16 e os 24 anos, situou-se em junho nos 25,2%, o que compara com 23,7% no mês anterior. Relativamente a junho do ano passado, os números são idênticos, já que taxa foi, nessa altura, de 25,3%.

 

Em números absolutos, em junho havia 253 mil jovens empregados no final do mês passado, enquanto que 85,1 mil estavam desempregados.

Ver comentários
Saber mais Instituto Nacional de Estatística trabalho desemprego
Outras Notícias