Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quarentenas põem em risco 197,5 milhões de empregos na Europa

A imposição de quarentenas entre países europeus pela covid-19, como as do Reino Unido ou da Noruega a viajantes provenientes de Espanha, coloca em risco até 197,5 milhões de empregos este ano a nível global.

A falta de colaboração entre os países será muito prejudicial para o turismo e para os empregos.
A falta de colaboração entre os países será muito prejudicial para o turismo e para os empregos. Stephanie Lecocq/EPA
Lusa 28 de Julho de 2020 às 23:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Numa entrevista à Efe, a presidente do World Travel and Tourism Council (WTTC), Gloria Guevara, recordou que nestas previsões para o setor, que apontam para o pior dos cenários, a queda do turismo causaria uma perda no PIB mundial de mais de 5,5 biliões de dólares (4,7 biliões de euros), menos 62% que em 2019, e o número de chegadas turísticas a nível mundial seria reduzido em 73%.

A falta de colaboração entre os países europeus para estabelecer um quadro comum contra a covid-19 fará aumentar o número de empregos afetados no Velho Continente em 2020 de 18,4 milhões para 29,5 milhões, com uma perda de 1,6 biliões de dólares (1,4 biliões de euros) no PIB.

Para Guevara, a decisão do Governo britânico de impor uma quarentena a todos os viajantes que chegam de Espanha, “infelizmente, gera instabilidade e incerteza e tem um grande impacto” também para o próprio Reino Unido, onde o número de postos de trabalho em risco aumenta de 1,9 milhões para 2,8 milhões. Além disso, a chefe do WTTC está preocupada que “a questão se politize e as pessoas comecem a pensar na reciprocidade”, sendo a quarentena o principal dano para o turismo porque a desconfiança que gera faz com que as pessoas tenham ainda mais medo de ficar presas num país do que de ficar contagiadas . 

Ver comentários
Saber mais WTTC Europa Gloria Guevara PIB turismo covid
Mais lidas
Outras Notícias