Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

George Soros disposto a investir mil milhões de dólares na Ucrânia

O investidor apela às empresa ocidentais para investir no país, mas, para isso, defende que é necessário o apoio de "uma forte liderança política", sob a forma de financiamento com baixas taxas de juro.

Negócios 30 de Março de 2015 às 10:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

George Soros está disposto a investir mil milhões de dólares (920 milhões de euros) na Ucrânia. Mas impõe uma condição: os países ocidentais também têm de ajudar o investimento privado no país.

 

A intenção foi revelada pelo investidor em entrevista ao jornal austríaco Der Standard, publicado esta segunda-feira, 30 de Março.

 

"O Ocidente pode ajudar a Ucrânia a aumentar a atractividade para os investidores. Mas é necessário um apoio político para o risco. Isto pode tomar a forma de financiamento a taxas de juro da União Europeia, muito próximas de zero", disse, citado pela Reuters. 

 

Esta não é a primeira vez que o milionário norte-americano, nascido na Hungria, lança um apelo para ajudar a Ucrânia. Anteriormente, divulgou um plano de financiamento de 50 mil milhões de euros que serviria para travar a influência da Rússia, defendeu. 

 

"Eu estou preparado. Existem ideias concretas de investimentos, por exemplo, em projectos de agricultura e infra-estruturas", apontou.

 

"Eu investiria mil milhões. Isto deve gerar lucros, a minha fundação iria beneficiar com isto", disse, sublinhando que para o sector privado se envolver é necessário "uma forte liderança política". 

 

Na entrevista, reviu em baixa a possibilidade de a Grécia sair do euro. Agora considera que esta possibilidade é de um terço, depois de ter defendido recentemente que esta possibilidade ascendia aos 50%.

Ver comentários
Saber mais George Soros Ucrânia União Europeia Hungria Rússia Grécia economia negócios e finanças política
Outras Notícias