Europa Islândia propõe aliviar controlo de capitais

Islândia propõe aliviar controlo de capitais

Os residentes na Islândia vão poder comprar propriedades no estrangeiro e adquirir divisas internacionais para a sua deslocação em férias fora do país.
Islândia propõe aliviar controlo de capitais
Negócios 16 de agosto de 2016 às 23:49

Estas são duas das medidas que constam do pacote de alterações que o Governo daquele país propõe para levantar o controlo de capitais que vigora na Islândia desde o desencadear da crise económica e financeira em 2008 que levou à falência de três bancos.

 

Se for aprovada no Parlamento, a proposta eliminará um dos últimos impedimentos à saída de capitais do país, numa altura em que, refere a Reuters, a economia de Reiquiavique espera crescer mais de 4% este ano e tem juros na ordem de 5,75%, um atractivo para investidores deprimidos com as baixas taxas no resto da Europa e um pouco por todo o mundo.

 

O investimento de islandeses no estrangeiro deixará de estar restrito, apesar de necessitar da aprovação do banco central, enquanto o investimento em instrumentos financeiros denominados em moeda estrangeira passa a ser possível até às 100 milhões de coroas (758,4 milhões de euros à cotação actual).

 

Contudo, os investidores estrangeiros que ainda detêm activos em solo islandês depois da falência dos bancos deverão continuar a enfrentar dificuldades. Muitos recusaram em Junho a oferta feita pelo banco central de atribuir um euro por cada 190 coroas no valor de avaliação dos activos e há ainda 236 mil milhões de coroas empenhadas nesses activos.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI